Questões sociocientíficas e o lugar da moral nas pesquisas em ensino de ciências

Shirley Margareth Buffon da Silva Silva, Wildson Luiz Pereira dos Santos

Resumo


O presente artigo tem como objetivo fornecer um panorama das pesquisas sobre o espaço que as questões morais ocupam dentro das questões sociocientíficas (QSC) no ensino de ciências, visando identificar lacunas e refletir criticamente acerca de como esses estudos vêm se constituindo. Foi realizada em 2014 uma busca sistemática em 27 revistas de ensino de ciências brasileiras e internacionais pertencentes ao estrato Qualis/CAPES A1 e A2 das áreas de ensino e educação em ciências. As consultas aos periódicos foram realizadas por meio eletrônico no banco de dados de cada uma das revistas nas publicações compreendidas entre 1997 e 2013. Utilizando a estratégia metodológica de análise de conteúdo procedeu-se uma categorização dos artigos em: (1) aspectos morais de estudantes e professores; (2) concepções de professores sobre o ensino de ética; (3) propostas pedagógicas; e (4) formação de professores. Dos 201 artigos sobre QSC apenas 17 estavam relacionados ao estudo da moral presente nessas questões, demonstrando que até o momento são poucos e esparsos os estudos sobre aspectos morais no ensino de ciências envolvendo QSC. A maior parte das pesquisas sobre QSC e moral tem se concentrado, principalmente, sobre os estudantes e como eles tomam decisões sobre estas questões. Em contraste, existem lacunas sobre as concepções dos professores em relação ao ensino de ética, propostas pedagógicas e formação de professores. Concluímos que apesar do reduzido número de pesquisas desenvolvidas nesse campo, as QSC constituem um meio para o estudo da moralidade, e também para educadores de ciências alcançarem uma integração da educação em ciências com moral e educação para a cidadania.

Palavras-chave


Ensino de ciências; Questões sociocientíficas; Moral; Ética; Valores.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.