Qualidade da referenciação dos cuidados de saúde primários para a consulta de psiquiatria

Marta Lopes, Teresa Alves dos Reis, Jorge Lorga Ramos, José Palma Góis

DOI: https://doi.org/10.25752/psi.8328

Resumo


Introdução: Em Portugal, os médicos de família são a principal fonte de referenciação de casos para os serviços de saúde mental. A qualidade da referenciação pode ter consequências, tanto para o médico de medicina geral e familiar que referencia o utente como para o psiquiatra que o irá receber, e sobretudo para o utente referenciado.

Objetivos: Avaliar a qualidade das referenciações das unidades de saúde do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Alentejo Central para a consulta de psiquiatria do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE); determinar a frequência dos grandes grupos de doenças psiquiátricas apontados como hipóteses diagnósticas na referenciação.

Métodos: Estudo observacional descritivo transversal. Foram incluídas todas as referenciações correspondentes ao período entre dezembro de 2013 e maio de 2014. Os documentos de referenciação foram analisados em termos de estrutura e conteúdo, tendo em conta os critérios de referenciação descritos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Foi determinada a frequência dos grandes grupos de doenças psiquiátricas, definidos no manual de codificação Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, Fifth Edition (DSM5), apontadas como hipóteses diagnósticas na referenciação.

Resultados: Das 245 referenciações analisadas, 220 foram incluídas no estudo. Apenas 2,27% das referenciações tinham os 11 campos definidos na plataforma Alert P1® devidamente preenchidos. Em 35% das referenciações não foi identificado qualquer critério que justificasse o encaminhamento. A falha terapêutica constituiu o critério mais apontado, estando presente em 30,91% das referenciações. Os quadros depressivos e ansiosos são os mais referenciados à consulta de psiquiatria.

Conclusões: Os resultados evidenciaram a importância de sensibilizar os Médicos de Família para um correto e completo preenchimento do guia de referenciação da plataforma Alert P1®. É imperiosa a necessidade de definir e implementar critérios de referenciação em Portugal que possibilitem uma melhoria da comunicação entre cuidados de saúde primários e secundários no âmbito da Saúde Mental.


Palavras-chave


Referenciação; Cuidados de Saúde Primários; Consulta de Psiquiatria

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.