Avaliação da implementação da Educação Sexual em contexto escolar, na região do Algarve – A perspetiva de atores educativos responsáveis pela Educação para a Saúde/Educação Sexual

Liliana Paulos, Sandra T. Valadas

DOI: https://doi.org/10.21814/rpe.7736

Resumo


O presente estudo assume-se como um estudo de caso, insere-se no paradigma interpretativo/qualitativo e pretendeu avaliar a implementação da Educação Sexual (ES) no Algarve. Realizaram-se entrevistas semidiretivas a oito coordenadores da Educação para a Saúde (EpS)/ES e a um diretor de agrupamento de escolas (AE). Os resultados indicaram que a ES foi integrada nos projetos educativos de todos os AE, sendo que os AE situados em concelhos com menos residentes apresentaram um percurso mais próximo das recomendações da lei. Foram nomeados professores-coordenadores para a EpS/ES e apenas um AE não tem o gabinete de apoio a funcionar. A disciplina de Ciências Naturais foi identificada como sendo a mais interveniente na ES. O aumento e a consolidação dos conhecimentos foram objetivos privilegiados numa vertente de prevenção. O pouco apoio do Ministério da Educação e Ciência e a falta de formação, de experiência e de à-vontade dos docentes nesta área foram apontados como limitações no processo de implementação da ES.

Palavras-chave


Educação Sexual; Avaliação; Implementação; Coordenadores; Professores; Diretor

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


A Revista Portuguesa de Educação (ISSN 0871-9187) é uma publicação semestral do Centro de Investigação em Educação (CIEd) do Instituto de Educação da Universidade Minho (UM) e conta com o apoio de fundos nacionais da FCT/MCTES-PT através do projeto UID/CED/1661/2013.