A teacher´s tensions in a Spanish first grade two-way bilingual immersion program

Patricia López Estrada, Ana María Chacón

DOI: https://doi.org/10.21814/rpe.7752

Resumo


Este estudo descreve as tensões sentidas por uma professora de 1º ano numa sala de aula de imersão bilingue ‘two-way’. Baseando-se na análise indutiva de Hatch (2002), sob a forma de análise de domínio (domain analysis), os dados do estudo foram obtidos através de duas entrevistas a uma professora no ano letivo de 2009-2010. Os resultados indicam que a professora bilingue detém crenças fortes acerca da importância de proporcionar aos alunos oportunidades de explorar a língua minoritária (Espanhol). Contudo, a professora manifesta preocupações de âmbito linguístico e académico no desempenho da sua tarefa. O estudo alerta para as tensões inerentes a trabalhar com o Espanhol e o Inglês num contexto de imersão bilingue ‘two-way’.

Palavras-chave


Programas de imersão ‘two-way’; Educação bilingue; Aprendizagem de uma língua segunda

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


A Revista Portuguesa de Educação (ISSN 0871-9187) é uma publicação semestral do Centro de Investigação em Educação (CIEd) do Instituto de Educação da Universidade Minho (UM) e conta com o apoio de fundos nacionais da FCT/MCTES-PT através do projeto UID/CED/1661/2013.