Critical thinking in the context of clinical practice: The need to reinvent pharmacy education

Erika Lourenço de Freitas, Djenane Ramalho-de-Oliveira

DOI: https://doi.org/10.21814/rpe.7753

Resumo


Com o objetivo de compreender como as práticas pedagógicas influenciam o desenvolvimento de competências clínicas em estudantes de farmácia, os autores conduziram uma etnografia crítica utilizando os métodos de observação participante, grupos focais e entrevistas em profundidade com estudantes e professores de uma das dez maiores Faculdades de Farmácia dos Estados Unidos. Os resultados que emergiram de dois semestres de pesquisa de campo mostram que o conhecimento farmacêutico tradicionalmente ensinado não é suficiente para preparar os estudantes para a prática clínica. A incorporação de experiências práticas e da filosofia e arcabouço teórico da atenção farmacêutica no currículo é necessária para preparar os estudantes para o cuidado direto das pessoas. Os resultados deste estudo poderão contribuir para a construção de atividades de ensino que efetivamente desenvolvam competências essenciais nos futuros cuidadores.

Palavras-chave


Educação farmacêutica; Prática clínica; Atenção farmacêutica; Pesquisa qualitativa

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


A Revista Portuguesa de Educação (ISSN 0871-9187) é uma publicação semestral do Centro de Investigação em Educação (CIEd) do Instituto de Educação da Universidade Minho (UM) e conta com o apoio de fundos nacionais da FCT/MCTES-PT através do projeto UID/CED/1661/2013.