Âmbito

A revista Cadernos de Estudos Africanos é uma publicação científica e académica do Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (CEI-IUL) especializada em temáticas africanas. Os artigos, tanto baseados em trabalho de campo como em elaboração teórica, norteiam-se pelos contributos significativos que aportam aos estudos sobre África e as diásporas africanas. Os Cadernos estão abertos à comunidade científica nacional e internacional que se debruça sobre o continente, particularmente nas áreas das Ciências Sociais e Humanas, apostando na internacionalização e na inter e multidisciplinaridade.

Processo de Revisão por Pares

Os artigos propostos para publicação são submetidos a parecer de especialistas das áreas respetivas, em regime de duplo anonimato - peer review double blind.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Referees

Acácio Almeida — Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP)
Albert Farré Ventura — Universidade de Brasília (PNPD-CAPES)
Alexandra Magnólia Dias — Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL)
Alexandre Abreu — Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG)
Alexsander Gebara — Universidade Federal Fluminense (UFF)
Álvaro Nobrega — Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (UTL)
Ana Larcher — Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL)
Ana Mafalda de Morais Leite — Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG)
Ana Santos
Andrea Marzano — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio)
Ângela Coutinho
Armando Marques Guedes — Universidade Nova de Lisboa
Augusto Nascimento — Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT)
Bagnol Brigitte — School of Veterinary Medicine, Tufts University
Bjørn Bertelsen — Universitetet i Bergen (UiB)
Brígida Rocha Brito — Universidade Autónoma de Lisboa
Clara Saraiva — Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT)
Cláudia Castelo — Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT)
Corsino Tolentino — Secretary General of the Installer Council of the Academy of Sciences and Humanities of Cape Verde
Cristiana Delgado – Faculdade de Arquitectura (UTL)
Daniela Nascimento — Faculdade de Economia (UC)
Douglas Wheeler — University of New Hampshire
Eduardo Costa Dias — Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL)
Elisa Silva Andrade — International Migration Institute, University of Oxford
Elisabete Azevedo — Universidade Católica
Elísio Macamo — Centre for African Studies Basel, University of Basel
Fátima Monteiro
Fernando Florêncio — Universidade de Coimbra
Francisco Freire — Centro em Rede de Investigação em Antropologia
Frank Marcon — Universidade Federal de Sergipe
Fred Eboko — Institut de Recherche pour le Développement (IRD)
Gabriel Mithá Ribeiro — Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL)
Geer van Vliet — Université de Montpellier/Université de Perpignan/CNRS/CIRAD
Gerhard Seibert —Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB)
Gustavo Plácido — Instituto Português de relações Internacionais e Segurança
Immanuel Mentan — College of Saint Benedict
Itziar Ruiz Gimenez — Universidad Autónoma de Madrid
Jessica Falconi — Universidade de Coimbra
Joana Areosa Feio — Instituto de Ciências Sociais (ICS-UL)
João Mosca —  Observatório do Meio Rural de Maputo
João Vasconcelos — Instituto de Ciências Sociais (ICS-UL)
Jochen Oppenheimer — Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG)
Jorge Freitas Branco – Instituto Universitário de Lisboa
José Carlos Venâncio — Universidade da Beira Interior
José Silva Horta — Faculdade de Letras (FLUL)
Joshua Forrest — La Roche College
Lisa Åkesson — Department of Global Studies, University of Gothenburg
Luca Bussotti — Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL)
Luís Batalha — Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (UTL)
Luís Bernardino — Academia Militar de Lisbo
Manuela Palmeirim – Universidade do Minho
Manuela Ribeiro Sanches — Faculdade de Letras (FLUL)
Marcelo Bittencourt — Universidade Federal Fluminense
Maria Antónia Barreto — Instituto Politécnico de Leiria (IPL)
Marina Berthet — Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Mário Machaqueiro – Faculdade de Ciências Sociais e humanas (FCSH-UNL)
Markus V. Höhne – University of Leipzig
Nina Clara Tiesler — Instituto de Ciências Sociais (ICS-UL)
Omar Ribeiro Thomaz — Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Patricia Magalhães Ferreira — Instituto Marquês Valle Flôr
Paul Jenkins — Universidade de Witwatersrand
Paulo de Carvalho — Universidade Agostinho Neto
Paulo Gorjão — Instituto Português de Relações Internacionais e Segurança
Peter Fry — Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Peter Geschiere — University of Amsterdam
Philip M. Peek — Drew University
Raquel Freitas — Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL)
Rosemary Galli — Oxford University
Rui Cidra — Centro de Estudos de Música e Dança (INET-MD)
Soraya Fleisher — Departamento de Antropologia, Universidade de Brasília
Stephan Dünnwald — Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL)
Teresa Cravo — Universidade de Coimbra
Victor Pereira — Instituto de História Contemporânea (FCSH-UNL)
Virginie Tallio — Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL)
Vítor Sérgio Ferreira — Instituto de Ciências Sociais (ICS-UL)
Wilson Trajano Filho — Universidade de Brasília

Histórico da Revista

Os Cadernos de Estudos Africanos, criados em julho de 2001, eram da responsabilidade da direção do Centro de Estudos Africanos. Os primeiros números foram dirigidos por Rui Mateus Pereira, e são hoje referências na história dos Estudos Africanos. Em 2008, a entrada de Ana Bénard da Costa para a direção da revista representou uma nova fase da publicação. Desde logo criou números temáticos específicos com call for papers dedicadas; instituiu uma secção de recensões bibliográficas; alargou o âmbito da revista para além dos temas e das áreas tratadas pelos investigadores do Centro de Estudos Africanos. Com o alargamento, em 2013, do Centro de Estudos Africanos passou a ser o Centro de Estudos Internacionais o editor da revista. Em 2016, a direcção e os seus membros editoriais sofreram uma alteração, ficando como diretora Clara Caravalho. Para mais informações ver: http://cea.revues.org/1773