Âmbito

A revista ecr visa difundir o trabalho científico que tem vindo a ser desenvolvido na área da conservação e restauro de bens culturais. Esta publicação pretende ser uma plataforma para investigadores e profissionais, abrangendo não apenas aqueles que se encontram vinculados à Universidade Católica Portuguesa e ao Centro de Investigação da Escola das Artes (CITAR), mas também especialistas de outros centros nacionais e internacionais.

A Conservação e Restauro é um domínio epistemológico de implementação recente no quadro académico nacional, mas que tende a consolidar-se graças ao incremento da investigação produzida por um número crescente de jovens investigadores e profissionais do ramo.

A conservação e as intervenções no património cultural implicam estudos em campos, que embora muito diversificados são complementares. Assim, destacam-se os estudos artísticos e históricos em paralelo com a investigação no domínio dos materiais e das tecnologias utilizados na criação dos objectos e obras. Deste modo, enquadram-se nos objectivos da revista tanto as intervenções de conservação e restauro propriamente ditas, quando pautadas por carácter inovador, bem como as investigações em torno dos materiais constituintes dos bens culturais e as técnicas específicas relacionadas com os tratamentos de restauro, sua caracterização e história. Serão ainda âmbito desta revista os estudos de reflexão teórica ou de aplicação prática que tenham por finalidade a conservação e restauro em todos os seus múltiplos aspectos, como é o caso da análise da teoria, história e deontologia.

Processo de Revisão por Pares

Os artigos submetidos deverão ser inéditos e originais e adaptar-se aos objectivos expostos na apresentação desta Revista.

Com vista à manutenção de rigorosos parâmetros de qualidade os artigos serão submetidos à apreciação prévia a cargo de pares que integram o Conselho Científico e de investigadores sem vínculo permanente à publicação.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Estrutura da revista

 

A revista será composta por um editorial, um corpo de artigos científicos com um máximo de 10 artigos, um espaço reservado a resenhas e notícias.
  • editorial
  • artigos
  • reflexões sobre ética e deontologia profissional
  • recensões críticas
  • notícias

Comité Científico

Ana Calvo

A. Elena Charola

Amélia Dionísio

António Candeias

António João Cruz

Cláudia Carvalho

Edson Motta Jr.

Griselda Klüppel

Irina Sandu

Isabel Medina González

João Manuel Mimoso

Leslie Carlyle

Margarita San Andrés Moya

Maria João Baptista Neto

Maria Regina Emery Quites

Mercês Lorena

Milene Gil

Nieves Valentín

Patrícia Moreira da Costa

Raquel Carreras

Rocío Bruquetas

Vasco Peixoto de Freitas

Histórico da Revista

A ECR - Estudos de Conservação e Restauro foi criada em 2009. É uma publicação da área de investigação em Conservação de Bens Culturais, da linha de Estudo e Conservação do Património Cultural.

Tem sido publicada com regularidade encontrando-se editados até à data quatro números, estando em preparação o quinto, a editar em 2013.