O Paço de Concelho e a Torre Sineira da Igreja Matriz de Vila do Conde no Século XVI: Algumas Questões

  • José Ferrão Afonso CITAR, Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa, Porto, Portugal CEAU, Faculdade de Arquitetura, Porto, Portugal
  • Guilhermina Cadeco Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa, Porto, Portugal

Resumo

Dois edifícios quinhentistas de Vila do Conde, o Paço do Concelho e a torre sineira da Igreja Matriz, exemplificam dois aspetos importantes da arquitetura do Renascimento italiano introduzida no Norte de Portugal por Francesco de Cremona, arquiteto do bispo de Viseu D. Miguel da Silva: uma austeridade monumental com raízes em Alberti e o gosto antiquário dos arquitetos romanos do início do século XVI.

Biografias do Autor

José Ferrão Afonso, CITAR, Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa, Porto, Portugal CEAU, Faculdade de Arquitetura, Porto, Portugal
Professor auxiliar da Escola das Artes da da Univeridade Católica Portuguesa, Centro Re gional do Porto. Investigador do CITAR e do CEAU. Licenciado em História, Variante da Arte pela FAUP. Mestre em História, Variante da Arte, pela FLUP. Doutorado em Teoria e História da Arquitetura pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona.
Guilhermina Cadeco, Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa, Porto, Portugal
Mestranda em Conservação e Restauro na Escola das artes da Universidade católica Portuguesa. Licenciada em Arqueologia pela Universidade do Minho.
Publicado
2018-04-23
Edição
Secção
Artigos