Ácido salicílico e acibenzolar-S-methyl como atenuadores de fitointoxicação causada pelo chlorimuron-ethyl na cultura da soja

  • Roque Carvalho Dias Doutorando pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agronômicas, Rua José Barbosa de Barros, n° 1780, CEP 18610-307, Botucatu, São Paulo, Brasil
  • Leandro Bianchi
  • Tiago Barbosa Batista
  • Gabriel Henrique Germino
  • Caio Antonio Carbonari
  • Elizabeth Orika Ono
  • João Domingos Rodrigues
  • Edivaldo Domingues Velini

Resumo

O ácido salicílico (AS) e o acibenzolar-S-methyl (ASM) podem ser usados como atenuadores de estresses bióticos/abióticos causados em plantas, entretanto, são escassos os estudos visando minimizar os possíveis efeitos negativos da utilização de herbicidas em plantas. Diante disso, objetivou-se avaliar o efeito do AS e ASM como atenuador de fitointoxicação causado pelo chlorimuron-ethyl na cultura da soja. Foi realizado um experimento em casa de vegetação no delineamento em blocos casualizados com cinco repetições. Os tratamentos aplicados no estádio V3-V4 na cultura da soja foram: controle (sem herbicida, sem AS e ASM); AS (1,0 mM); ASM (1,0 mM); AS 7 dias antes da aplicação do herbicida + chlorimuron-ethyl (1,0 mM + 100 g ha-1); ASM 7 dias antes a aplicação do herbicida + chlorimuron-ethyl (1,0 mM + 100 g ha-1, respectivamente); chlorimuron-ethyl (100 g ha-1); AS em mistura de calda + chlorimuron-ethyl (1,0 mM + 100 g ha-1, respectivamente) e ASM em mistura de calda + chlorimuron-ethyl (1,0 mM + 100 g ha-1, respectivamente). Decorrido três horas após a aplicação e aos 3, 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação (DAA) foram realizadas avaliações de taxa de transporte de elétrons (ETR). Nesses mesmos dias avaliou-se os sintomas de fitointoxicação e a estimativa da área foliar (AF). Aos 28 DAA mediu-se a altura das plantas e a biomassa seca da parte aérea. A aplicação de AS e ASM, antes ou em mistura com herbicida chlorimuron-ethyl, reduziu os sintomas de fitointoxicação, manteve os índices de ETR próximos ao tratamento controle e minimizou as reduções da AF, altura e biomassa seca. A aplicação de AS e ASM atenuou o estresse causado pelo chlorimuron-ethyl na soja. 

Publicado
2019-05-10
Secção
Geral