Períodos de envelhecimento acelerado e seus efeitos na condutividade elétrica em sementes de milho pipoca

  • Heloisa Caroline Kavan
  • Hugo César Rodrigues Moreira Catão
  • Franciele Caixeta
  • Cristane da Silva Rocha
  • Ítala Menegon Castilho

Resumo

A produção de milho pipoca é crescente e necessita do uso de sementes vigorosas. O teste de envelhecimento acelerado é usado para avaliar o vigor de sementes, promovendo a desintegração do sistema de membranas. A desintegração das membranas pode ser avaliada pelo teste de condutividade elétrica. Assim, objetivou-se avaliar os efeitos causados por diferentes períodos de envelhecimento acelerado e iões no exsudato do teste de condutividade elétrica e as suas relações com a qualidade fisiológica de sementes de milho pipoca. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, sendo que as sementes foram submetidas a oito períodos de envelhecimento acelerado (zero, 24, 48, 72, 96, 120, 144 e 168 horas) e avaliadas quanto teor de água (%), primeira contagem de germinação (%), germinação final (%), índice de velocidade de germinação, condutividade elétrica (μS cm-1 g-1) e comprimentos da parte aérea e da raiz primária das plântulas. A germinação e vigor de sementes de milho pipoca e a quantidade de lexiviados no teste da condutividade elétrica foram influenciados pelo aumento do período de exposição ao envelhecimento acelerado. Este, a partir de 72 horas, produz resultados que se refletem no potencial de vigor e lexiviados das sementes.

Publicado
2019-02-03
Secção
Geral