Diversidade da comunidade de fungos endofíticos em Quercus suber em diferentes cenários climáticos

  • Daniela Costa
  • Rui M. Tavares
  • Paula Baptista
  • Teresa Lino-Neto

Resumo

O sobreiro (Quercus suber L.) é uma espécie arbórea de folha perene, encontrada tipicamente na Bacia do Mediterrâneo, que apresenta uma elevada importância ecológica e económica para Portugal. Um aumento no declínio do sobreiro tem sido associado a situações de stresse biótico e abiótico, o qual resulta em danos no ecossistema e diminuição da produção de cortiça. A infeção por fungos patogénicos parece aumentar quando os sobreiros se encontram sob condições ambientais promotoras de stresse, como temperatura elevada e secura. Neste trabalho, as espécies fúngicas endófitas de sobreiro foram colhidas a partir de exemplares em diferentes locais de Portugal. A comunidade de fungos endófitos de ramos com diferentes idades foi estudada pela obtenção de isolados a partir deste material vegetal, e pelo agrupamento dos isolados em morfótipos. Este estudo permitiu a comparação das comunidades fúngicas endófitas em diferentes povoamentos florestais, sujeitos a condições climáticas distintas e a diferentes níveis de disponibilidade de água. Os resultados revelam que as comunidades endófitas são distintas entre os diferentes tecidos vegetais, sendo mais semelhantes entre os locais das florestas ou clima.

Publicado
2019-03-10
Secção
Geral