TENDÊNCIAS RECENTES NA CONCEPÇÃO E UTILIZAÇÃO DE LABORATÓRIOS ESCOLARES

  • João Pedro Soares Fernandes Unidade de Investigação Educação e Desenvolvimento, Universidade Nova de Lisboa
  • Vitor Duarte Teodoro Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa
Palavras-chave: Ciência, Educação, Espaços, Ambientes de aprendizagem activa

Resumo

Entre 2007 e 2011, no âmbito do Programa de Modernização do Parque Escolar, conduzido pelo Ministério da Educação, foram renovados os espaços para o ensino das ciências em mais de uma centena de escolas. Essa renovação foi precedida da análise das tendências na concepção de laboratórios escolares em diversos países, nomeadamente no Reino Unido, em que a actividade experimental tem uma forte tradição, bem como da análise dos currículos e práticas escolares em Portugal.

Nesta comunicação apresentam-se os principais aspectos do plano base que os arquitectos deviam seguir, bem como a respectiva fundamentação pedagógica, enquadrados nas tendências internacionais na concepção e utilização de laboratórios escolares.

Biografia do Autor

Vitor Duarte Teodoro, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa
Departamento de Ciências Sociais Aplicadas
Publicado
2018-06-06