Education as a site of political struggle in Sierra Leone

  • Susan Shepler University of California et Berkeley

Resumo

Este artigo analisa o caso de uma escola secundária pública em Serra Leoa colonial, perspectivando-a no âmbito das lutas políticas relativas à educação e ao conhecimento, ao poder e à identidnde nos seus sentidos amplos. A "Bo School" foi instituída como uma escola para filhos de chefes indígenas, com a intenção de criar chefias mais "modernas" e cooperativas com o domínio indirecto britânico. Entretanto, os participates reformularam a escola para atender aos seus próprios objetivos estratégicos. Este ensaio problematiza a noção simplista de escola como um aparelho manipulável de transferência de habilidades e de conhecimento, situando assim a instituição histórica e políticamente no âmbito das práticas quotidianas. Fazem-se ainda ligações com o presente de guerra civil da região.
Secção
Artigo breve