Acesso ou Registar-se para submeter um artigo.

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita e não se encontra sob revisão ou para publicação por outra revista. Caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  • Os ficheiros para submissão encontram-se em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2 MB)
  • As URLs para as referências foram fornecidas quando disponíveis.
  • O texto foi escrito em Times New Roman; com espaço de 1,5 entre linhas; usa uma fonte de 12 pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Instruções para Autores, na secção Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma secção com revisão por pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a Revisão Cega por Pares foram seguidas.

Instruções para Autores

Indicações sobre a nova submissão na plataforma

A partir de 2012, os artigos candidatos a publicação na revista Antropológicas só poderão ser enviados eletronicamente através da plataforma OJS (Open Journal Systems), acessível a partir de http://revistas.rcaap.pt/antropologicas.

Os novos utilizadores deverão registar-se previamente.

Feito o registo, os autores deverão fornecer os dados solicitados e proceder à submissão do manuscrito que implica cinco passos:

  • Após selecionar “Submissões online”, é necessário indicar o tipo/secção do artigo (poderá consultar informação sobre este ponto mais em baixo), aceitar as condições gerais de submissão e indicar se aceita a Declaração de Direito Autoral. Poder-se-á, ainda, fazer algum comentário opcional aos editores, como por exemplo indicar a área científica do artigo submetido.
  • No segundo passo, dever-se-á submeter a versão final do manuscrito, de acordo com as normas da revista. Este ficheiro não deverá conter qualquer identificação dos autores no corpo do texto ou nas propriedades do documento.
  • Após a transferência do manuscrito para o sistema, deverá ser incluída a informação completa de contacto de todos os autores (nome, apelido, endereço de e-mail, instituição e morada). Será ainda solicitada a indicação de um autor responsável por estabelecer contactos com os editores e manter informados os restantes coautores de todas as decisões e modificações referentes ao manuscrito. Deverá acrescentar o título, resumo (até 100 palavras na língua em que foi redigido o artigo e em inglês; se o artigo tiver sido redigido em inglês, o resumo deverá apresentado também em português), palavras-chave no idioma do artigo e em inglês (se o artigo tiver sido redigido em inglês cumpre-se a regra indicada anteriormente) e indicação da entidade que tenha apoiado o(s) autor(es) na elaboração do artigo.
  • O quarto passo, de natureza opcional, permite a transferência de documentos suplementares que os autores considerem uma mais-valia para a avaliação/revisão do manuscrito.
  • No quinto passo, o autor correspondente deverá confirmar a submissão e registar a respetiva referência (ID) atribuída ao manuscrito. Esta referência deverá ser utilizada em todos os contactos posteriores com os editores referentes ao manuscrito submetido.

Estas indicações foram adaptadas das existentes na Revista Motricidade (http://revistas.rcaap.pt/motricidade), com a devida autorização do seu director.


Submissão de manuscritos

  • Os artigos candidatos à publicação nesta Revista devem ser trabalhos originais que não tenham sido publicados.
  • Podem ser submetidos: artigos de fundo; artigos breves; recensões e apresentações de museus e arquivos históricos e culturais:
  • Artigos de fundo: São todos os artigos que em outras áreas científicas cabem dentro do designado por “Artigo Original” e “Artigo de Revisão”. Assim, nesta secção serão publicados artigos de investigação aprofundada, originais,  em áreas das ciências sociais e humanas tratadas na Antropológicas. Privilegia-se a interdisciplinaridade, a inovação na temática e na metodologia. Não se exigem capítulos obrigatórios, tendo em conta a tradição das ciências sociais e humanas; mas nos artigos de investigação experimental, que cruzem as ciências sociais com outras tradições científicas, os artigos deverão ter a seguinte organização: Introdução, Método, Resultados, Discussão, Conclusões e Referências. O capítulo do Método deverá estar subdivido em Amostra, Instrumentos, Procedimentos e Análise Estatística.
    Nos artigos de revisão científica sobre um determinado objecto de estudo, tendo por base a literatura científica produzida por pesquisadores consagrados, os autores devem ter em conta um critério de revisão sistemática, justificada, onde os critérios de inclusão/exclusão sejam claros. Nestes artigos privilegia-se a abordagem rigorosa, inovadora e crítica, onde a perspectiva de abordagem, fundamentada, do autor do artigo, contribua de forma original para a contextualização do objecto de estudo. Os artigos não devem ultrapassar as 50 referências bibliográficas.
  • Artigos breves: Sendo originais, e dando a conhecer dados inéditos, são de menor dimensão que os “Artigos de Fundo”. Apresentam resultados preliminares de pesquisas em curso ou dão continuidade a resultados anteriormente apresentados. Também neles se dá conhecimento de projectos ou temáticas que contribuam para o aprofundamento científico da área onde actua a Antropológicas. Estes artigos não devem ultrapassar as 20 referências bibliográficas e devem seguir os mesmos critérios de apresentação dos artigos de fundo.
  • Recensão: São documentos que tratam sobre um trabalho científico publicado por um outro autor (sob diferentes suportes). Dá-se preferência a artigos cuja análise rigorosa, crítica e justificada, se baseie em critérios de relevância científica do trabalho apresentado, da originalidade e inovação científica da obra para o aprofundamento da ciência na área da Antropológicas. O trabalho deverá dar a referência total e correcta da obra apresentada, com um resumo da obra, discussão do método e análise crítica das conclusões. Não deve ter referências bibliográficas e deve ser breve.
  • Apresentação de museus e arquivos históricos e culturais: Como o nome indica, nesta secção serão apresentados Museus e Arquivos com relevância para a área de estudos e de investigação da Antropológicas. A maior parte dos trabalhos a publicar será solicitada pelos editores da revista a Directores e Curadores dessas instituições. Serão publicados também textos sobre Museus e Arquivos que tenham sido propostos à Antropológicas, a que os editores reconheçam pertinência na informação e conhecimento especializado nos autores.
  • Cada autor não poderá, como autor principal, submeter mais do que um artigo para cada número da Revista. A informação sobre os autores deve aparecer na língua em que foi redigido o artigo.
  • Os artigos podem ser submetidos em português, inglês, francês e espanhol.

  • Revisão e admissão

    • Todos os artigos são submetidos a um processo de Revisão Cega por Pares especialistas nas respetivas áreas.
    • Para cumprimento do parágrafo anterior, os autores têm de seguir as instruções disponíveis em Assegurando a Revisão Cega por Pares.
    • No caso de comentários não concordantes, é solicitada a análise de um terceiro revisor, seguindo-se o parecer do(s) Coordenador (es) de Número que decidirá(ão) sobre a aceitação ou a rejeição do artigo.
    • A revisão final dos textos será da exclusiva responsabilidade dos autores, pelo que eventuais erros ou gralhas não podem ser imputados à revista.
    • Textos em provas finais só podem ser alterados por razões de ortografia. Qualquer outra alteração não será levada em conta.
    • A revista reserva-se o direito de publicação, de acordo com a conveniência editorial.
    • O conteúdo dos artigos é da exclusiva responsabilidade dos autores, cabendo-lhes a obrigação de obter as autorizações do material que estiver sujeito a direitos de autor.

    Normas

    Apenas serão considerados os artigos que cumpram as seguintes normas:

    • Os documentos têm de ser entregues em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2 MB);
    • O texto deve estar escrito em Times New Roman, com fonte de 12 pontos, em espaço 1,5, empregue-se itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL);
    • O texto não deve exceder as 10 000 palavras;
    • Deve ter incluído um resumo em português e em inglês, até 100 palavras, que exponha as ideias principais e as conclusões a que se chegou;
    • Deve incluir quatro palavras-chave, não esquecendo que estas devem escrever-se no singular e, no caso de terem mais do que um género, utilizar-se o masculino.
    • Os títulos e subtítulos devem estar devidamente identificados (1.; 1.1.; 1.1.1), formatados em Times New Roman, com fonte de 14 pontos, em espaço 1,5, a negrito (bold);
    • As figuras e tabelas devem estar inseridas no texto, e não no final do documento na forma de anexos;
    • Em caso de utilização de caracteres ou símbolos especiais, o autor deverá entregar o tipo de letra (font) em formato digital;
    • Não se deve utilizar formatações especiais como: estilos (headings, hiperligações etc.); texto em colunas; cabeçalhos de páginas (headers); diferentes tipos de letra; sublinhados; hifenização automática; numeração automática de capítulos, secções ou parágrafos.
    • Quando solicitado pelos editores, as figuras deverão ser enviadas no programa original onde foram criadas e em formato JPEG, com resolução de 300 dpi/ppp ao formato da impressão;
    • Os gráficos, quando criados em Excel, deverão ser enviados no ficheiro original (Excel) acompanhados das respetivas tabelas;
    • De igual forma, os gráficos do SPSS devem ser exportados para o Excel como tabelas e acompanhados dos dados que lhes dão origem e do respetivo gráfico;
    • Os quadros construídos com tabelas deverão utilizar apenas um traço simples a separar linhas e colunas, dado que serão formatados de acordo com o grafismo das Edições da UFP.

    Devem também ser respeitadas as seguintes regras concernentes às formas de citar, organizar a bibliografia e formatar os textos.

    A bibliografia será ordenada por ordem alfabética e terá obrigatoriamente de respeitar nas citações e referências a autores as normas seguintes:

     

    Referências no texto:

    • um autor: Pinto (2002) ou Pinto (2002, p. 32) ou Pinto (2002, pp. 32-33); quando referentes a mais de um título do mesmo autor e ano: Pinto (2002a)
    • dois autores: (Pinto, Burns 2003) ou (Pinto, Burns 2003, p. 34) ou (Pinto, Burns 2003, 2007) ou (Pinto 2002; Dunning 1992)
    • mais do que dois autores: (Pinto et al. 2001)
    • sítio: “Toy Safety Facts”

     

    Referências na bibliografia:

    Livros:

    • Sobrenome, Inicial do Nome. Ano de Publicação [entre parêntesis]. Título da Obra [em itálico]. Edição [quando existente]. Lugar de Publicação: Nome da Editora.
    • Sobrenome, Inicial do Nome e Sobrenome, Inicial do Nome. Ano de Publicação [entre parêntesis]. Título da Obra [em itálico]. Edição [quando existente]. Lugar de Publicação: Nome da Editora.
    • para obras coletivas listam-se todos os nomes na bibliografia; na referência no texto refere-se só o primeiro autor seguido por "et al.".

    Exemplo:

    • Pinto, J. (2007). Indagação Científica, Aprendizagens Escolares e Reflexividade Social. Porto: Afrontamento.
    • Pinto, J. e Burns, K. (2003). Tradições académicas e escolares. Lisboa: Temas & Debates.
    • Arnaldo, J., Burns, K., Silva, M., Marques, R. e Wilson, T. (2004). Questões metodológicas para a aplicação em testo académico. Porto: Edições UFP.

     

    Editor, coordenador ou organizador (colectâneas):

    • Sobrenome, Inicial do Nome, ed./coord./org. [entre parêntesis] Ano [entre parêntesis]. Título da Obra [em itálico]. Edição [quando existente]. Lugar de Publicação: Nome da Editora.

    Exemplo:

    • Lattimore, R. (ed.) (1951). The Iliad of Homer. Chicago: University of Chicago Press.

     

    Obras clássicas:

    • Sobrenome, Inicial do Nome. Ano de Publicação [entre parêntesis curvos e, em parêntesis retos, Ano da 1.ª edição]. Título da Obra [em itálico]. Tradutor [entre parêntesis]. Lugar de Publicação: Nome da Editora.

    Exemplo:

    • Espinosa, B. (1988 [1670]).  Tratado Teológico-Político (trad. D. P. Aurélio). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.

     

    Capítulo ou outra parte de um livro (artigos em colectâneas):

    • Sobrenome, Inicial do Nome. Ano [entre parêntesis]. Título do capítulo entre aspas. In Inicial do Nome do(s) editore(s), Sobrenome do(s) Editore(s) [podem ser editores, organizadores ou coordenadores].Título da Obra [em itálico]. Edição [quando existente]. Lugar de Publicação, Nome da Editora, páginas.

    Exemplo:

    • Eisenstadt, S. N. (2005), “Axial civilizations and theAxial Age reconsidered”. In J. P. Arnason, S. N. Eisenstadt, B. Wittrock (eds.), Axial Civilizations and World History, Leiden, Brill, pp. 531-564.

     

    Prefácio, posfácio, introdução ou semelhante:

    • Sobrenome, Inicial do Nome. Ano [entre parêntesis]. Prefácio/Pósfácio/Introdução de Título da Obra [titulo da obra em itálico], de [Nome e Sobrenome]. Lugar de Publicação, Editora, páginas.

    Exemplo:

    • Rieger, J. (1982). Introduction to Frankenstein; or, The Modern Prometheus, by Mary Wollstonecraft Shelley. Chicago: University of Chicago, pp. xi–xxxvii.

     

    Livro publicado electronicamente:

    • Sobrenome, Inicial de Nome. Ano [entre parêntesis]. Título da Obra [em itálico]. Lugar de Publicação: Nome da Editora. Disponível em DOI/URL. [consultado em].

    Exemplo:

    • Kurland, P. e Lerner R. (eds.) (1987). The Founders’ Constitution. Chicago: University of Chicago Press. Disponível em http://press-pubs.uchicago.edu/founders/. [consultado em 22 de Janeiro de 2012].

     

    Artigos:

    Revista académica impressa:

    • Sobrenome, Inicial de Nome. Ano [entre parêntesis]. Título do Artigo. Título da Revista [em itálico] N.º, Série/Ano [entre parêntesis]: páginas.

    Exemplo:

    • Parr, J. B. (2004), The polycentric urban region: a closer inspection. Regional Studies 38 (3): pp. 231-240.

     

    Revista académica em linha:

    • Sobrenome, Inicial de Nome. Ano [entre parêntesis]. Título do Artigo. Título da Revista [em itálico] N.º, Série/Ano [entre parêntesis]: páginas. Disponível em DOI/URL. [consultado em].

    Exemplo:

    • Kossinets, G. e Duncan, J. (2009). Origins of Homophily in an Evolving Social Network. American Journal of Sociology 115: 405–50. Disponível em doi:10.1086/599247. [consultado em 28 de Fevereiro de 2011].

     

    Jornal ou revista:

    • Sobrenome, Inicial de Nome. Ano [entre parêntesis]. Título do Artigo. Título da Revista/Jornal [em itálico], Data.

    Exemplo:

    • Mendelsohn, D. (2010). But Enough about Me. New Yorker, 25 de janeiro de 2010, p. 12.

     

    Tese ou dissertação:

    • Sobrenome, Inicial de Nome. Ano [entre parêntesis]. Título da Tese/Dissertação [itálico]. Tese de Doutoramento/Dissertação de Mestrado, Local de Defesa. Nome da Universidade.

    Exemplo:

    • Fidalgo, J. (2006),  O Lugar da Ética e da Auto-Regulação na Identidade Profissional dos Jornalistas. Tese de doutoramento, Braga, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho.

     

    Apresentação de congresso:

    • Sobrenome, Inicial de Nome. Ano [entre parêntesis]. Título da Apresentação [entre aspas]. Apresentação feita em [Nome do congresso. Local, Data].

    Exemplo:

    • Adelman, R. (2009). “ ‘Such Stuff as Dreams Are Made On’: God’s Footstool in the Aramaic Targumim and Midrashic Tradition.” Paper presented at the annual meeting for the Society of Biblical Literature, New Orleans, Louisiana, November 21–24, 2009.

     

    Sítio:

    • Nome do sítio. Título do Artigo [entre aspas]. Última modificação em [Data]. URL. [consultado em].

    Exemplo:

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.