Política Editorial

A Revista de Ciências Agrárias edita artigos científicos ou técnicos e revisões bibliográficas, inéditos, no âmbito das Ciências Agrárias e afins, e aceita manuscritos de sócios e não sócios da Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal (SCAP);

Uma vez recebidos, os manuscritos serão escrutinados pelo Editor-Chefe. Caso o manuscrito seja selecionado para avaliação, o Editor-Chefe endereçará o manuscrito ao Editor Associado referente à área científica correspondente. Caso considere o manuscrito pertinente para avaliação, o Editor Associado remeterá o manuscrito para avaliação por dois revisores especializados por si selecionados e emitirá um parecer (no sentido da aceitação, rejeição ou da necessidade de correções) tomando em consideração os comentários dos revisores bem como a sua própria apreciação do manuscrito;

Os autores deverão assegurar que os manuscritos submetidos não sejam enviados para nenhuma outra publicação;

A doutrina dos artigos é da exclusiva responsabilidade do(s) autor(es);

Todos os direitos de edição pertencem à Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal;

Os interessados deverão observar as normas fixadas sobre a apresentação dos trabalhos.

No âmbito do processo editorial de apreciação dos manuscritos submetidos à Revista de Ciências Agrárias procurar-se-á assegurar que os trabalhos não enfermem de qualquer forma de plágio, duplicação ou outras condutas anti-éticas.

Os artigos publicados são de acesso livre na rede pública de internet, sendo permitido a qualquer utilizador a leitura, descarregamento, cópia, distribuição, impressão, pesquisa ou ligação aos textos destes artigos, indexação, alimentação como dados a software, ou usá-los para qualquer outro objetivo no cumprimento da lei, sem barreiras financeiras, legais, ou técnicas para além daquelas inseparáveis do processo de acesso à internet em si.

 

Política de Acesso Aberto

Os artigos publicados são de acesso livre na rede pública de internet, sendo permitido a qualquer utilizador a leitura, descarregamento, cópia, distribuição, impressão, pesquisa ou ligação aos textos destes artigos, indexação, alimentação como dados a software, ou usá-los para qualquer outro objetivo no cumprimento da lei, sem barreiras financeiras, legais, ou técnicas para além daquelas inseparáveis do processo de acesso à internet em si.