Rendimento do trigo (Triticum aestivum) em resposta a diferentes modos de inoculação com Azospirillum brasilense

  • Lucas C. Pereira
  • Samara C. Piana
  • Alessandro L. Braccini
  • Mayara M. Garcia
  • Gláucia C. Ferri
  • Pedro H. Felber
  • Danilo C.V. Martelli
  • Paloma A. Bianchessi
  • Igor B. Dametto

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência agronómica de diferentes dosagens e modos de aplicação (via sementes, aplicação foliar e no sulco de sementeira) da forma líquida de um inoculante à base de Azospirillum brasilense nos componentes da produtividade da cultura do trigo. As seguintes características agronómicas foram avaliadas: número de perfilhos por planta, número de grãos por espiga, massa seca da parte aérea, peso médio de mil grãos, peso do hectolitro, teor de N no grão, teor de N, P e K na massa seca da parte aérea e produtividade de grãos. Os resultados obtidos permitiram concluir que a utilização de metade da dose de N, associada à aplicação de A. brasilense na forma líquida, independentemente do método de inoculação, proporcionaram resultados benéficos ao rendimento da cultura, quando comparada com a aplicação isolada de metade da dose de N. A aplicação de A. brasilense via tratamento de sementes com a dose total de N em cobertura, no entanto, foi a combinação que proporcionou o maior incremento da produtividade de grãos.

Publicado
2019-01-09
Secção
Geral