Aplicação de nutrientes via foliar e tratamento de sementes: efeito no rendimento e na qualidade fisiológica de sementes de soja

  • Elisa S. Lemes
  • Cristane Deuner
  • Carolina T. Borges
  • Sandro de Oliveira
  • Alberto Bohn
  • César I.S. Castellanos
  • Géri E. Meneghello

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito do manejo da adubação via tratamento de sementes e aplicação foliar sobre as características agronômicas e qualidade fisiológica de sementes de soja. O experimento foi conduzido na safra agrícola 2012/2013 em área pertencente à Fazenda São Carlos, localizada no município do Capão do Leão, RS. A cultivar de soja utilizada foi a BMX Turbo RR. Os tratamentos consistiram da utilização das doses recomendadas dos produtos da empresa Microquímica® sendo: T1- Tratamento Controle; T2- Glutamin CoMo® (aplicado via semente); T3- Glutamin CoMo® (aplicado via tratamento de sementes + via foliar, no estádio V3); T4- Glutamin CoMo® (aplicado via semente) + Plenno® (aplicado antes do florescimento). Após a maturação de campo, foram colhidas 8 plantas por parcela, as quais foram trilhadas separadamente, e levadas ao laboratório para avaliação das características agronômicas e qualidade fisiológica das sementes produzidas. O tratamento de sementes com Glutamin CoMo®, aliado com outras formas de aplicação, aumenta a produção de vagens, número de sementes por vagem, peso de mil sementes e o rendimento. A aplicação de Co e Mo não afeta a porcentagem de plântulas normais na primeira contagem de germinação, germinação, teste de frio, envelhecimento acelerado das sementes e também não afeta o comprimento da parte aérea e raiz das plântulas obtidas das sementes produzidas.

Publicado
2019-01-09
Secção
Geral