Estimativa das datas de brotação, plena floração e colheita da videira variedade Goethe em Urussanga-SC, Brasil

  • Augusto C. Pola
  • Emílio D. Bruna
  • Álvaro J. Back
  • Alexsander L. Moreto

Resumo

Este trabalho objetivou desenvolver modelos para previsão dos estágios fenológicos de brotação, plena floração e colheita da videira variedade Goethe, a partir da temperatura do ar, para a região de Urussanga-SC, Brasil. Nos sete anos de registros fenológicos os estágios citados ocorreram nos meses de setembro, outubro e janeiro, respectivamente. As temperaturas médias do trimestre junho-agosto e do período de 11/06 a 10/08 foram as que apresentaram os maiores coeficientes de correlação com a data de brotação (R = -0,94 e -0,93, respectivamente, com p < 0,01). As temperaturas médias diárias acumuladas nas fases brotação-floração e floração-colheita não apresentaram coeficientes de correlação significativos (p > 0,05) com a duração destes estágios. Entretanto, o total de horas com temperaturas entre 19,0 e 25,0 oC nos primeiros 14 dias do estágio brotação-floração e nos primeiros 30 dias da fase floração-colheita explicaram 83% e 64%, respectivamente, da variabilidade observada na duração destas fases. Temperaturas abaixo de 16,0 oC correlacionaram-se positivamente com a duração dos estágios fenológicos, indicando um desenvolvimento vegetal mais lento sob este limite térmico. Os resultados mostram que a duração das fases brotação-floração e floração-colheita é influenciada principalmente pelas temperaturas que ocorrem nos períodos iniciais destas fases.

Publicado
2019-01-09
Secção
Geral