Testes bioquímicos de integridade de membranas na avaliação do vigor de sementes de Mimosa caesalpiniifolia Benth.

  • Mirella C.S. Avelino
  • Francival C. Felix
  • Katiane R.G. Silva
  • Fernando S. Araújo
  • Mauro V. Pacheco

Resumo

Os testes bioquímicos baseados na integridade de membranas são importantes na verificação do potencial fisiológico de lotes de sementes. Assim, este trabalho teve por objetivo determinar a viabilidade de testes bioquímicos de condutividade elétrica e de lixiviação de potássio na avaliação do vigor de sementes de Mimosa caesalpiniifolia. No teste de condutividade elétrica utilizaram-se duas amostras de sementes (25 e 50), dois volumes de água deionizada (50 e 75 mL), duas temperaturas (25 e 30 ºC) e cinco períodos de embebição (4, 8, 12, 16 e 24-h). Nos testes de condutividade elétrica e lixiviação de potássio, cinco lotes de sementes foram embebidos separadamente durante 4 e 8-h à temperatura de 30 °C. Os testes bioquímicos de condutividade elétrica e de lixiviação de potássio mostraram ser eficientes na avaliação do vigor de sementes de M. caesalpiniifolia, quando realizados com 25 sementes imersas em 50 mL de água deionizada, durante 8-h à temperatura de 30 °C.

Publicado
2019-01-14
Secção
Geral