Nutrição mineral, densidade de plantio, caracterização biométrica e fenológica de Rumex acetosa L.

  • Luis F.L. Silva
  • Douglas C. de Souza
  • Luciane V. Resende
  • Wilson M. Gonçalves
  • Thiago de A. Pereira
  • Sylvia D. Vieira

Resumo

A azedinha (Rumex acetosa L.) é um exemplo de espécie alimentícia subutilizada, caracterizada no Brasil como hortaliça não convencional. Existem poucas informações disponíveis no que se refere às técnicas indicadas para o seu cultivo e para a sua produção agrícola. Diante isso, objetivou-se avaliar o comportamento da cultura da azedinha em diferentes níveis de adubação, avaliar o comportamento da cultura quando conduzida em diferentes densidades de plantio, bem como realizar a caracterização dos estádios fenológicos dessa espécie. O delineamento estatístico adotado foi de blocos ao acaso, com parcelas subdivididas. O índice produtivo variou significativamente quando a cultura foi submetida aos diferentes níveis de espaçamentos e adubações, sendo que o melhor resultado produtivo obtido foi de 75 Mg ha-1, mediante condução em espaçamento mais adensado, de 30 cm entre plantas e 35 cm entre linhas, associada à adubação de 150, 60 e de 100 kg ha-1 de NPK respectivamente. O ciclo da cultura, do plantio à colheita, foi estabelecido em 100 dias após o plantio.

Publicado
2019-01-14
Secção
Geral