Influência de manipueira sobre Meloidogyne javanica na soja

  • Wéverson Lima Fonseca
  • Fernandes Antonio de Almeida
  • Maria Lucia Tiburtino Leite
  • Augusto Matias de Oliveira
  • Jeissica Taline Prochnow
  • Lisandro da Luz Ramos
  • Tiago Pieta Rambo
  • Francisco Franciscode Alcântara Neto
  • Francisco Fernandes Pereira
  • Rezanio Martins Carvalho

Resumo

Na busca de alternativas para o controle de fitonematoides, vem sendo estudado o efeito nematicida de metabolitos secundários ou resíduos vegetais. Dessa forma, a manipueira, resíduo líquido da industrialização da mandioca (Manihot esculenta), tem como composição glicosídeos cianogênicos com propriedades antimicrobianas. Objetivou-se avaliar o potencial da manipueira aplicada no solo, visando o controle de Meloidogyne javanica na cultura da soja. A manipueira foi aplicada nas concentrações de 0, 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70, 80, 90 e 100%. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 11 × 2 (concentrações de manipueira × formas de aplicação - única e parcelada), com cinco repetições. As plantas de soja foram inoculadas com 3000 ovos e J2 de M. javanica por vaso. Sessenta dias após a primeira aplicação da manipueira, foram avaliadas características agronômicas e de parasitismo. A aplicação única da manipueira promoveu maior crescimento e desenvolvimento radicular, bem como redução do número de ovos e J2 na raiz e do fator de reprodução de M. javanica, para todas as concentrações. A aplicação parcelada teve maior efeito na redução do número de galhas e massas de ovos. As concentrações letais de manipueira para 50% da população de nematoides no solo e na raiz foram de 37,90% e 29,67%, respetivamente.

Publicado
2019-01-14
Secção
Geral