Caracterização morfológica, bioquímica e molecular de Meloidogyne javanica, do Norte de Portugal, em tomateiro

  • Leidy Rusinque
  • M. Lurdes Inácio
  • Mariana Mota
  • Filomena Nóbrega

Resumo

Os nemátodes fitoparasitas podem causar grandes estragos em culturas economicamente importantes. Em particular, os nemátodes-das-galhas-radiculares, Meloidogyne spp., causam anualmente, prejuízos de milhões de euros, pela redução da quantidade e também da qualidade dos produtos agrícolas numa ampla gama de hospedeiros e distribuição geográfica. Por isso, a identificação correta e exacta destas espécies é essencial para a implementação de estratégias de controlo, efetivas, sustentáveis e amigas do ambiente. Assim, o principal objetivo deste trabalho consistiu na caracterização morfológica, bioquímica e molecular de um isolado proveniente de tomateiros do Norte de Portugal. Para tal, foram realizadas observações e respetivas medições das estruturas morfológicas dos jovens de segundo estádio (comprimento do corpo, estilete, cauda, parte terminal hialina e DGO) e morfologia do padrão perineal das fêmeas. Foram realizados estudos bioquímicos em fêmeas adultas utilizando o padrão enzimático das esterases (EST) e comparados com descrições anteriores. A análise molecular baseou-se em PCR usando primers específicos para M. javanica (Fjav/Rjav). Os resultados obtidos sugeriram a presença de M. javanica. Este estudo permitiu determinar que a identificação precisa destes nemátodes só é possível mediante a conjugação dos três métodos de diagnóstico: morfológico, bioquímico e molecular.

Publicado
2019-01-14
Secção
Geral