Quebra de dormência em sementes de Chloroleucon acacioides e Senna macranthera

  • Vânia Beatriz Cipriani
  • Juliana Garlet
  • Bruna Martins de Lima

Resumo

A dormência física é um dos principais problemas para a germinação de sementes de grande parte das espécies pertencentes a família Fabaceae. Desta forma o objetivo do presente trabalho consistiu em avaliar a eficiência de diferentes métodos de quebra de dormência de sementes de Chloroleucon acacioides e Senna macranthera As sementes foram submetidas a sete pré tratamentos: Testemunha sem quebra (T1), imersão em ácido sulfúrico 98% por 15 e 30 minutos (T2 e T3, respectivamente), imersão em soda caustica 70% por 20 e 40 minutos (T4 e T5, respectivamente), imersão em água quente por 30 min (T6) e imersão em água quente até esfriar (T7), em seguida foram colocadas para germinar em rolos de papel Germitest® em câmaras de germinação à 25 ºC e fotoperíodo de 12 horas, com delineamento inteiramente casualizado. Os tratamentos com ácido sulfúrico destacaram-se na quebra de dormência física das sementes de ambas as espécies estudadas. Para todas as variáveis analisadas o tratamento com imersão em ácido sulfúrico 98% por 30 minutos foi o mais indicado para as sementes de C. acacioides e os tratamentos T2 e T3 para S. macranthera.

Publicado
2019-02-03
Secção
Geral