Diversidade de sirfídeos na Tapada da Ajuda, Lisboa – estudo preliminar

  • Gonçalo Espírito Santo
  • Elsa Borges da Silva
  • Elisabete Figueiredo

Resumo

Os sirfídeos são insetos holometabólicos cujos adultos são polinizadores, alimentando-se de néctar e pólen. São frequentemente confundidos com vespas, abelhas e abelhões. No estado larvar, algumas espécies predam outros insetos, nomeadamente afídeos (Hemiptera), outros são saprófagos. Os sirfídeos são, por isso, importantes agentes de proteção biológica. Neste trabalho, efetuou-se a prospeção e a identificação específica de sirfídeos na Tapada da Ajuda, em quatro habitats (olival, talhão de apiáceas junto ao olival, vegetação herbácea junto à Lagoa Branca e pomar de ameixeiras). Os adultos de sirfídeo foram capturados principalmente com o auxílio de rede entomológica, mas também recorrendo a frascos e sacos de plástico. Avaliou-se o papel da infraestrutura ecológica faveiras nas entrelinhas do pomar de ameixeiras na população de sirfídeos. Com essa finalidade, foram observadas faveiras nas entrelinhas e ameixeiras, recolhendo ovos, larvas e pupas de sirfídeo que foram criados em laboratório até emergência do adulto de sirfídeo ou de parasitóide. Identificaram-se 12 espécies, sendo as mais abundantes e frequentes Episyrphus balteatus e Sphaerophoria scripta. A riqueza específica foi mais elevada no talhão de Apiaceae, apesar de este habitat ter sido amostrado apenas no decurso da última quinzena do estudo. Nos imaturos de sirfídeo recolhidos no pomar de ameixeiras foram detetados parasitoides himenópteros das famílias Diplazontinae e Pteromalidae.

Publicado
2019-03-10
Secção
Geral