Análise biométrica multidimensional com tratamentos pré-germinativos em sementes e caracterização morfológica de plântulas de Mimosa bimucronata (De Candolle) Otto Kuntze

  • Jania C.C. Santos
  • Ana N.S. Lima
  • Dayane M.R. Silva
  • Renato N. Costa
  • Deoclecio J. Amorim
  • José V. Silva
  • Antônio L. Santos Neto

Resumo

Mimosa bimucronata é uma espécie vegetal que pode ser utilizada em programas de reflorestamento, sendo necessários estudos iniciais para a produção de mudas. Devido à importância desta espécie e à escassez de informações sobre a germinação das sementes, esta trabalho teve por objetivo avaliar i) as características biométricas das sementes por análise multivariada, ii) o efeito de pré-tratamentos de sementes na germinação e iii) caracterizar morfologicamente os diferentes estágios de germinação e de plântula. Foram analisadas a biometria e massa das sementes e oito tratamentos pré-tratamentos: testemunha; ácido sulfúrico (98%) durante dois, cinco e 10 min; água quente a 70 e 80 °C durante 2 min; escarificação mecânica e água destilada durante 24 h. Foram avaliados os diferentes estágios de desenvolvimento da semente até à formação de plântula. As sementes foram expostas a dois ambientes - laboratório e viveiro telado. Foram avaliados a percentagem de germinação e emergência; índice de velocidade de germinação e emergência; e tempo médio de germinação e emergência. De acordo com a análise multivariada, as sementes foram classificadas em três grupos, sendo as classes II e III as mais indicadas para produção de mudas. A germinação com ácido sulfúrico e lixa foram as mais indicadas. A espécie apresenta 10 estágios de desenvolvimento.

Publicado
2019-05-10
Secção
Geral