Bioenergia com resíduos do desdobro da madeira de Pinus caribaea var. hondurensis

  • Mariana Dianese Alves de Moraes
  • Jean Henrrique dos Santos
  • Pedro Augusto Fonseca e Lima
  • Ademilson Coneglian
  • Aécio Dantas de Sousa Júnior
  • Juliana Lorensi do Canto
  • Carlos Roberto Sette Júnior

Resumo

As espécies florestais do gênero Pinus são as mais utilizadas nas indústrias de processamento da madeira no Brasil, com a geração significativa de resíduos durante a conversão de toras em madeira serrada (desdobro). O trabalho teve como objetivo avaliar as características energéticas do resíduo do desdobro da madeira de Pinus caribaea var. hondurensis de 40 anos de idade e a sua aplicação na forma de briquete. Foram determinadas a química imediata, o poder calorífico, a densidade a granel e energética do resíduo madeireiro para posterior produção de briquetes e avaliação das suas características energéticas e físico-mecânicas. Os briquetes de resíduo madeireiro de P. caribaea var. hondurensis apresentam características físico-mecânicas e energéticas que demonstram a sua viabilidade como fonte energética, com densidade energética de 19072,0 MJ.m-3.

Publicado
2019-05-11
Secção
Geral