Monitoramento da atividade de bovinos em pastoreio por dispositivo eletrônico de sensoriamento baseado em GPS

  • Pedro Henrique Dias Batista
  • Gledson Luiz Pontes de Almeida
  • Roger Moura Sarmento
  • Héliton Pandorfi
  • Airon Aparecido Silva de Melo
  • Mário Monteiro Rolim
  • Victor Wanderley Costa de Medeiros
  • Glauco Estácio Gonçalves

Resumo

A análise conjunta do posicionamento e da atividade de bovinos a pasto, associada aos atributos do solo, torna-se importante na tomada de decisões e manejo da forragem. Neste trabalho desenvolveu-se o protótipo de um dispositivo eletrônico de sensoriamento baseado no sistema de posicionamento global (GPS) com o objetivo de monitorar o posicionamento de bovinos de leite a pasto e associar as áreas de preferência dos animais a possíveis alterações da resistência à penetração e ao acúmulo de matéria orgânica no solo sob pastoreio. O estudo foi conduzido na Fazenda Roçadinho, região Agreste de Pernambuco, Brasil, em uma área de 40 x 40 m, manejada em sistema de pastoreio contínuo. Os sensores de posicionamento GPS foram fixados por colares no pescoço dos animais e programados para registrar a localização dos animais durante o período de pastoreio. O erro médio observado foi de 0,65 m. Antes e após o pastoreio coletaram-se 36 amostras deformadas na camada superficial do solo para determinação da matéria orgânica (0,00 a 0,05 m) e da resistência à penetração (0,00 a 0,10 m).  O dispositivo eletrônico desenvolvido apresentou precisão e autonomia adequada para o monitoramento de bovinos, o que permitiu determinar locais de preferências de pastoreio. Verificou-se que após o pastoreio, houve um acréscimo de 6,5% na matéria orgânica e 79,4% na resistência a penetração do solo nos locais de maior exploração do pasto.

Publicado
2019-05-09
Secção
Geral