CELULITE DA REGIÃO ORBITÁRIA – A REALIDADE DE 10 ANOS DE UM HOSPITAL NÍVEL 3

  • Inês Pires Duro Serviço de Pediatria do Centro Materno-Infantil do Norte, Centro Hospitalar do Porto
  • Cláudia Lemos Serviço de Pediatria do Centro Materno-Infantil do Norte, Centro Hospitalar do Porto
  • Gonçalo Mendes Serviço de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar do Porto
  • Alexandre Fernandes Serviço de Pediatria do Centro Materno-Infantil do Norte, Centro Hospitalar do Porto
  • Carla Teixeira Serviço de Pediatria do Centro Materno-Infantil do Norte, Centro Hospitalar do Porto
  • Laura Marques Serviço de Pediatria do Centro Materno-Infantil do Norte, Centro Hospitalar do Porto
  • Ana Ramos Serviço de Pediatria do Centro Materno-Infantil do Norte, Centro Hospitalar do Porto
Published
2017-01-05
How to Cite
Duro, I. P., Lemos, C., Mendes, G., Fernandes, A., Teixeira, C., Marques, L., & Ramos, A. (2017). CELULITE DA REGIÃO ORBITÁRIA – A REALIDADE DE 10 ANOS DE UM HOSPITAL NÍVEL 3. NASCER E CRESCER - BIRTH AND GROWTH MEDICAL JOURNAL, 25, S16. https://doi.org/10.25753/BirthGrowthMJ.v25.i0.10581