Influência de Sorghum bicolor na emergência e desenvolvimento de Senna obtusifolia

  • Wéverson Lima Fonseca Departamento de Fitotecnia, Universidade Federal do Ceará
  • Tiago de Oliveira Sousa
  • Adaniel Sousa dos Santos
  • João Batista da Silva Oliveira
  • Leandro Pereira Pacheco
  • Rosane Lima Fonseca
  • Alan Mario Zuffo
  • Augusto Matias de Oliveira
  • Râmison Fonseca dos Santos
  • Tiago Soares Gomes

Resumo

Na busca de alternativas para o controle de plantas daninhas, tem sido estudado o efeito físico e alelopático de culturas de cobertura. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de Sorghum bicolor em diferentes níveis de fitomassa sobre a superfície ou incorporada ao solo na inibição da emergência e crescimento de plantas de Senna obtusifolia. O experimento foi conduzido em casa de vegetação no período de agosto a outubro de 2014, utilizando o delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições, em esquema fatorial (2 x 4) + 1 constituído por duas formas de manejo (incorporado e superfície), com quatro níveis de palhas (3, 6, 9 e 12  t ha-1), mais um tratamento sem a utilização de cultura de cobertura (controle). As variáveis analisadas foram número total de plantas emergidas, área foliar, fitomassa seca da parte aérea, volume de raízes e fitomassa seca de raízes. As formas de manejo em diferentes níveis de fitomassa de S. bicolor se mostraram eficientes na supressão de fedegoso (S. obtusifolia), com sensível redução (superior a 50%) na emergência ao ser utilizada em quantidades a partir de 2,81 t ha-1. Independentemente do nível de fitomassa de S. bicolor, a sua utilização em superfície do solo proporcionou maior redução do número de plantas emergidas. Enquanto que, a utilização de fitomassa incorporada ao solo, proporcionou maior redução do crescimento de S. obtusifolia.

Downloads

Dados de downloads ainda não estão disponíveis.
Publicado
2020-08-17
Secção
Geral