Condução do teste de condutividade elétrica utilizando partes de sementes de feijão

  • Vanessa N. Silva
  • Clarissa Ana Zambiasi
  • Maria Ângela A. Tillmann
  • Nilson L. Menezes
  • Francisco A. Villela

Resumo

O objetivo deste trabalho foi determinar as condições para a condução do teste de condutividade elétrica massal e individual, utilizando partes das sementes de feijão e redução do tempo de imersão. As sementes de feijão utilizadas foram da cultivar IAPAR 81, representadas por quatro lotes. O potencial fisiológico das sementes foi avaliado pelos testes de germinação, primeira contagem de germinação, classificação do vigor de plântulas, velocidade de protrusão da raiz e emergência de plântulas no campo. O teste de condutividade elétrica foi conduzido pelos métodos massal e individual, empregando sementes inteiras, cotilédones e eixos embrionários e diferentes períodos de imersão. O teste de condutividade elétrica, conduzido pelo método massal, pode ser realizado com a redução do tempo de imersão, utilizando-se exclusivamente os cotilédones a partir de duas horas de imersão ou com sementes inteiras utilizando-se cinco horas de embebição para a separação de lotes de sementes, em níveis de vigor.

Downloads

Dados de downloads ainda não estão disponíveis.
Publicado
2019-01-20
Secção
Geral