Técnicas para mitigação dos sintomas de glyphosate em soja RR e RR2

  • Luisa Carolina Baccin ESALQ/ USP
  • Fábio Henrique Krenchinski UNESP
  • Leandro Paiola Albrecht UFPR Palotina
  • Gabriela Gayoso da Cruz UFPR Palotina
  • Alfredo Júnior Paiola Albrecht UFPR Palotina
  • Mateus Daupubel Mattiuzzi UEM
  • Aline Pertuzati Unicentro

Resumo

A utilização de altas doses de glyphosate, mesmo na tecnologia tolerante (RR) pode causar injúrias nas plantas, conhecido como efeito “Yellow flashing”, que é caracterizado por um amarelecimento das folhas apicais, podendo levar à perda de produtividade. O presente estudo objetivou avaliar técnicas visando a atenuação do efeito de doses de glyphosate em cultivares tolerantes de soja (RR e RR2). Os ensaios foram conduzidos em estufa nos anos 2015/2016 e 2016/2017, em Palotina, região oeste do Paraná em um arranjo inteiramente casualizado. O primeiro ensaio foi conduzido em arranjo fatorial 3x8 (produtos x cultivares) com quatro repetições utilizando misturas de glyphosate com regulador de crescimento, um composto de aminoácidos e uma fonte de manganês, e no segundo um esquema fatorial 6x3 (produtos x cultivares) utilizando glyphosate, um regulador de crescimento, uma fonte de manganês isolados e o glyphosate associado aos demais produtos, além de um tratamento controle sem aplicação. Foram avaliados visualmente a fitotoxicidade, índice de clorofila, massa seca de parte aérea e de raiz. Observou-se uma diferença de resposta para as cultivares devido a características de cada genótipo. Não foram observadas diferenças entre os produtos. A cultivar ‘M6210’ apresentou-se maior sintoma de fitointoxicação enquanto a cultivar ‘BMX Ponta’ apresentou maior tolerância. Para o segundo ensaio não foi observado efeito fitotóxico.

Downloads

Dados de downloads ainda não estão disponíveis.
Publicado
2020-01-29
Secção
Geral