PLANTAS ALIMENTÍCIAS NÃO CONVENCIONAIS: UM ESTUDO SOBRE A POSSIBILIDADE DE INSERÇÃO NA MERENDA ESCOLAR

PLANTAS ALIMENTÍCIAS NÃO CONVENCIONAIS EM DOM PEDRITO/RS

  • Shirley Grazieli da Silva Nascimento, Dra. Universidade Federal do pampa
  • Karina de Souza Almansa Universidade Federal do Pampa
  • Shirley Grazieli da Silva Nascimento, Dra. Universidade Federal do pampa
  • Daniel Hanke Universidade Federal do Pampa
  • Mariana Rockenbach de Ávila, Dra. Pesquisadora vistante no Instituto de Investigaciones Agropecuarias (INIA), Chile.
  • Joélio Farias Maia Universidade Federal do Pampa
  • Joélio Farias Maia Universidade Federal do Pampa
  • Fernanda Novo da Silva Universidade Federal do Pampa

Resumo

O trabalho verificou a possibilidade de inserção das Panc’s na merenda escolar no município de Dom Pedrito, RS. Buscou-se compreender como ocorre a articulação do PNAE em relação as estratégias de segurança alimentar e nutricional dos alunos. Participaram deste estudo dois gestores municipais e quatro servidores de duas escolas. Foram realizadas entrevistas nos meses de março e abril de dois mil e dezenove. Os resultados foram avaliados a luz da análise textual de discurso. Os resultados apresentam o desconhecimento dos servidores em relação às Panc’s e sua importância como elemento para assegurar segurança alimentar e nutricional, enfatizam a preocupação pela adoção de hábitos alimentares saudáveis, verificou-se o distanciamento entre a participação dos pais para com as atividades realizadas dentro da escola, sinalizando à necessidade da promoção de ações em torno da segurança alimentar, envolvendo todos os atores envolvidos no processo da alimentação na escola.

Downloads

Dados de downloads ainda não estão disponíveis.

Biografias do Autor

Shirley Grazieli da Silva Nascimento, Dra., Universidade Federal do pampa

Professora Adjunta na Universidade Federal do Pampa. Professora colaboradora do Programa de pós graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais. Membro do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agroecologia e Políticas Públicas para Agricultura Familiar (NUPEAR/UFPel). Pós Doutora pelo Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais (2016). Doutora pelo Programa de Pós- Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar. Mestre em Agronomia também pelo Programa de Pós- Graduação em Sistema de Produção Agrícola Familiar, na linha de pesquisa de Desenvolvimento Rural Sustentável (2009). Especialista em Educação Ambiental pela Cesusc/SC (2008). Graduada em Tecnologia Ambiental ? com Ênfase em Saneamento Ambiental pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas (2005). Graduada no Programa Especial de Formação Pedagógica também pelo CEFET (2007). Possui experiência na área de Agroecologia, Agricultura Familiar, Educação Ambiental, atuando nas seguintes vertentes: segurança alimentar e nutricional, educação alimentar, políticas públicas, consumo social de alimentos e educação ambiental.

Karina de Souza Almansa, Universidade Federal do Pampa

Graduada em Tecnologia em Agronegócio pela Universidade Federal do Pampa.

Shirley Grazieli da Silva Nascimento, Dra., Universidade Federal do pampa

Professora Adjunta na Universidade Federal do Pampa. Professora colaboradora do Programa de pós graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais. Membro do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agroecologia e Políticas Públicas para Agricultura Familiar (NUPEAR/UFPel). Pós Doutora pelo Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais (2016). Doutora pelo Programa de Pós- Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar. Mestre em Agronomia também pelo Programa de Pós- Graduação em Sistema de Produção Agrícola Familiar, na linha de pesquisa de Desenvolvimento Rural Sustentável (2009). Especialista em Educação Ambiental pela Cesusc/SC (2008). Graduada em Tecnologia Ambiental ? com Ênfase em Saneamento Ambiental pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas (2005). Graduada no Programa Especial de Formação Pedagógica também pelo CEFET (2007). Possui experiência na área de Agroecologia, Agricultura Familiar, Educação Ambiental, atuando nas seguintes vertentes: segurança alimentar e nutricional, educação alimentar, políticas públicas, consumo social de alimentos e educação ambiental.

Daniel Hanke, Universidade Federal do Pampa

Professor Adjunto da Universidade Federal do Pampa. Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Paraná (2008), Mestrado em Ciência do Solo pela Universidade Federal do Paraná (2012) e Doutorado em Ciência do Solo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Realizou Pós - Doutorado em Físico - Química do Solo - UFRGS. Atualmente coordena o Núcleo de Estudos e Pesquisa em Agroecologia e Manejo e Conservação do Solo. Possui experiência em biologia, física, química e mineralogia do solo, atuando também nas áreas de Agroecologia e Produção de Tecnologias Sociais para Agricultura Familiar.

Mariana Rockenbach de Ávila, Dra., Pesquisadora vistante no Instituto de Investigaciones Agropecuarias (INIA), Chile.

Possui graduação em Tecnologia em Agropecuária pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (2010). Na graduação recebeu a bolsa de Iniciação Científica do CNPq para trabalhar com pesquisa nas áreas de Nutrição animal e Forrageiras na Embrapa Pecuária Sul. É Mestre em Zootecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012). Trabalhou durante um ano no Departamento de Ecologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (bolsa DTI-C/CNPq) no projeto Rede de sítios de pesquisa ecológica de longa duração nos campos dos biomas Pampa e Mata Atlântica. É Doutora em Zootecnia - Departamento de Plantas Forrageiras: Área de concentração Melhoramento genético de plantas forrageiras - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Participou do Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior pela CAPES na Universidad Pública de Navarra e no Instituto de Agrobiotecnología em Pamplona, Espanha, nas áreas de fisiologia vegetal e melhoramento genético de plantas. Trabalhou durante um ano como docente no Curso de Agronomia do Instituto de Desenvolvimento Educacional de Bagé (Faculdade IDEAU) ministrando disciplinas de Genética Agrícola, Melhoramento Genético de Plantas, Nutrição Animal e Bromatologia. Foi docente por dois anos, com término de contrato em março de 2019, nos Cursos de Tecnologia em Agronegócio e Enologia da Universidade Federal do Pampa, Campus Dom Pedrito, ministrando os componentes de Comercialização de Produtos Agropecuários, Cadeias Produtivas Agrícolas, Contabilidade no Agronegócio, Fundamentos de Administração e Administração do Agronegócio. Realizou um pós-doutorado na Faculdade de Agronomia da Universidad de Buenos Aires (UBA) na área de Genética Agrícola durante dois meses de 2019. Comparticipou de uma pasantía posdoctoral no Instituto Nacional de Investigación Agropecuária do Uruguay, INIA La Estanzuela, na área de plantas forrageiras. É integrante do Núcleo de estudos e pesquisa em Agroecologia e Manejo e Conservação do Solo- NASol da Universidade Federal do Pampa, campus Dom Pedrito, RS.

Joélio Farias Maia, Universidade Federal do Pampa

Pós Graduando em Agronegócio, Graduação em Agronegócio pela Universidade Federal do Pampa (2018), Curso Técnico em Administração de Empresas (2012) e Técnico em Contabilidade (2007) . Atualmente é auxiliar administrativo - RTJ COM E REPRES LTDA. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Empresas e na Gestão do Agronegócio, com ênfase na Agricultura Familiar, atuando principalmente nos seguintes temas: agronegócio, dom pedrito, agricultura familiar.

Joélio Farias Maia, Universidade Federal do Pampa

Pós Graduando em Agronegócio, Graduação em Agronegócio pela Universidade Federal do Pampa (2018), Curso Técnico em Administração de Empresas (2012) e Técnico em Contabilidade (2007) . Atualmente é auxiliar administrativo - RTJ COM E REPRES LTDA. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Empresas e na Gestão do Agronegócio, com ênfase na Agricultura Familiar, atuando principalmente nos seguintes temas: agronegócio, dom pedrito, agricultura familiar.

Fernanda Novo da Silva, Universidade Federal do Pampa

É graduada em agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (2006) e mestre em Ciências, na linha de Desenvolvimento Rural Sustentável pelo Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar da Universidade Federal de Pelotas (2009). Atuou como Professora Pesquisadora ll no Curso de Licenciatura em Pedagogia a Distância, pela UAB/CEAD/UFPel (2009/2010). É doutora, na linha de Agricultura e Desenvolvimento Rural Sustentável pelo Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar da Universidade Federal de Pelotas (2013). É pesquisadora do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agroecologia e Políticas Públicas para a Agricultura Familiar (NUPEAR-UFPel). Está vinculada ao Programa Nacional de Pós-doutoramento da CAPES (PNPD/CAPES), executando o projeto na área de Extensão e Desenvolvimento Rural, junto à linha de Agricultura e Desenvolvimento Rural Sustentável do PPGSPAF, intitulado ?Indicações Geográficas e Desenvolvimento Territorial?. Tem atuado como docente nas Disciplinas de Extensão e Comunicação Rural, no Curso de Agronomia, Extensão Rural, no curso de Zootecnia, Medicina Veterinária e Engenharia Agrícola; Desenvolvimento Territorial no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais, na disciplina de Sinais Distintivos de Mercado no Âmbito da Agricultura Familiar e na disciplina de Desenvolvimento Rural Sustentável no Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar. Tem experiência na área de Agronomia e Educação, com ênfase em sociologia e antropologia rural, já havendo trabalhado em temáticas como: agricultura familiar, extensão rural, políticas públicas, política agrária, desenvolvimento rural, sustentável e territorial, segurança alimentar e nutricional, gênero, agroecologia, diferenciação de produtos agroalimentares, certificação, indicações geográficas e identidade territorial.

Publicado
2020-01-29
Secção
Geral