Hortas urbanas de cabo-verdianos: sociabilidades e resistência quotidiana nas margens de Lisboa

Autores

Palavras-chave:

hortas urbanas; cabo-verdianos; Área Metropolitana de Lisboa; resistência

Resumo

As hortas urbanasde cabo-verdianos são uma realidade incontornável da Área Metropolitana de Lisboa. Surgem nas imediações de bairros, nos declives das estradas ou junto a linhas de água. Erguendo-se através de processos de resistência, nestas margens da cidade acontecem relevantes sociabilidades. Para além de lugares de subsistência, estes são espaços que ligam as pessoas entresi e aos seus bairros. Baseado numa pesquisa etnográfica com agricultores da Cova da Moura e “Reboleira” – e com um foco numa horta na fronteira da Amadora com Lisboa – este artigo explora as hortas urbanas como espaços de sociabilidades e resistência quotidiana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-04-30

Edição

Secção

Artigos