Adaptacións ou cambios. A Sala do Mar do Museo do Pobo Galego

  • Fátima Braña Rey Universidad de Santiago de Compostela

Resumo

O Museo do Pobo Galego abriu em 1977. Desde essa altura surgiram salas subordinadas a diferentes temas mas sempre cumprindo um mesmo objectivo: mostrar as diversas faces da cultura Galega. Devido ao espaço ocupado e à sua importância dentro do museu, torna-se relevante dar uma atenção particular à sala do mar. Este artigo pretende descrever a forma segundo a qual os elementos desta sala foram organizados e quais as variáveis que se tiveram em consideração nessa mesma organização. A nossa análise revela as mudanças que tiveram lugar na sala do mar relacionando-as com a evolução do conceito de museu como um todo.
Secção
Artigo breve