Pediatric Normative Database of Retinal, Macular and Choroidal Values obtained with Spectral-Domain Optical Coherence Tomography

Autores

  • Tatiana Queirós Hospital de Braga
  • Francisco Fernandes School of Medicine, University of Minho, Braga, Portugal.
  • Cristina Freitas Ophthalmology Department, Hospital de Braga, Braga, Portugal
  • Pedro Barros Ophthalmology Department, Hospital de Braga, Braga, Portugal
  • Sandra Guimaraes Ophthalmology Department, Hospital de Braga, Braga, Portugal; Life and Health Sciences Research Institute (ICVS); School of Medicine, University of Minho, Braga, Portugal; ICVS/3B’s – PT Government Associate Laboratory, Braga/Guimarães, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.48560/rspo.15985

Resumo

Objetivo: Estabelecer uma base de dados normativa numa população pediátrica portuguesa da espessura da camada de fibras nervosas da retina (CFNR), espessura macular (EM), camada de células ganglionares-plexiforme interna (CGPI) e espessura subfoveal coroideia.

 Métodos: Estudo transversal em crianças dos 4 aos 17 anos. Todas as crianças foram submetidas a exame oftalmológico e Tomografia de Coerência Ótica (Cirrus Optical Coherence Tomography–OCT).

 Resultados: Um total de 348 crianças (9,85±3,49 anos) foram incluídas. A espessura média da CFNR foi de 97,45±9,78μm, a distribuição esteve de acordo com a regra ISNT e apresentou uma relação positiva com a área de disco ótico (DO) (p=0,007). Ao nível dos quadrantes inferior e nasal foi verificada uma relação positiva com a área DO (p=0,001 e p=0,04, respetivamente) e equivalente esférico (ES) (p=0,008 e p=0,004, respetivamente). A EM média foi de 282,22±11.91μm. O campo central apresentou a menor espessura, seguido do anel externo e do anel interno (p<0,001). A idade, ES e género foram os preditores significativos da EM. Verificou-se uma associação negativa com a idade no anel interno superior (p=0,009). Constatou-se uma diminuição da EM externa com refrações negativas (p<0,05). Na globalidade, os rapazes apresentaram maior EM (p<0,05). A espessura média da CGPI foi de 84,97±4,78μm e da coroideia foi de 374,76±42,51μm.

 Conclusão: Este estudo estabelece uma base de dados normativa obtida com SD-OCT numa população de crianças portuguesas dos 4 aos 17 anos. Estes dados podem melhorar a capacidade diagnóstica de glaucoma juvenil e patologia retiniana em idade pediátrica, bem como do seu seguimento. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-05-19

Como Citar

Queirós, T., Fernandes, F., Freitas, C., Barros, P., & Guimaraes, S. (2019). Pediatric Normative Database of Retinal, Macular and Choroidal Values obtained with Spectral-Domain Optical Coherence Tomography. Revista Sociedade Portuguesa De Oftalmologia, 43(2). https://doi.org/10.48560/rspo.15985

Edição

Secção

Artigos originais