Abordagem Psiquiátrica do Dador Vivo de Rim

  • Raquel Correia Serviço de Psiquiatria do Hospital S. João, Porto
  • Rui Malta Serviço de Psiquiatria do Hospital S. João, Porto
  • Manuela Moura Serviço de Psiquiatria do Hospital S. João, Porto
  • Rui Coelho Serviço de Psiquiatria do Hospital S. João, Porto Faculdade de Medicina, Universidade do Porto
Palavras-chave: Transplante Renal, Dador Vivo de Rim, Avaliação, Qualidade de Vida.

Resumo

O transplante renal é considerado o tratamento de eleição para os doentes renais em estado terminal. O transplante com dador vivo tem vindo a aumentar, devido à escassez, face às necessidades, de dadores cadáver. Com base na literatura existente abordam-se as questões éticas e os principais aspectos psi- quiátricos envolvidos no processo de avaliação dos dadores vivos de rim para transplante, bem como a interferência deste procedimento na qualidade de vida dos dadores, e as suas contra-indicações. Os autores descrevem os procedimentos de avaliação utilizados no Hospital S. João, bem como os dados referentes aos 32 pacientes avaliados no Serviço de Psiquiatria, desde 2004.

Publicado
2011-08-01
Secção
Artigos Originais