Caracterização dos Doentes Toxicodependentes Observados pela Equipa de Psiquiatria de Ligação - Análise Comparativa dos Anos de 1997 e 2004

  • Joana Alexandre Serviço de Psiquiatria, Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, EPE
  • Alice Luís Serviço de Psiquiatria, Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, EPE
Palavras-chave: Psiquiatria de Ligação, toxicodependente

Resumo

Analisaram-se as características dos doentes toxicodependentes internados nos serviços médicos e cirúrgicos do Hospital Fernando Fonseca e observados pela equipa de Psiquiatria de Ligação (PL) em dois anos distintos (1997 e 2004). Compararam-se esses dois grupos de doentes quanto aos aspectos socio- demográficos e clínicos. Constatou-se uma diminuição no número de doentes toxicodependentes referenciados à equipa (PL), um aumento da idade média destes doentes e da percentagem de mulheres. Houve também um aumento no número de doentes internados em especialidades médicas com infecções e com HIV. Verificou-se uma diminuição no número de doentes com consumos activos antes do internamento e um grande aumento tanto do número de doentes acompanhados previamente pelos Centros de Atendimento de Toxicodependentes como dos doentes a fazer terapêuticas de substituição. Com base nestes dados, propõe-se uma redefinição do papel da equipa de PL na abordagem terapêutica destes doentes.

Publicado
2005-12-01
Secção
Artigos Originais