167 DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E O SERVIÇO SOCIAL: um rico e desafiador campo de atuação.

  • Aline Pereira
  • Aneci Landim
  • Jaqueline Garcia
  • Jessica Silva
  • Maria Argenice Pacheco
  • Monalisa Moreira
  • Tayrini Lima

Resumo

A equipe multiprofissional para a questão da doação e transplante de órgãos é composta por médicos, enfermeiros, anestesistas e dentre outros. Entretanto, com o novo conceito elaborado pela Organização Mundial da Saúde (OMS, 1948), sobre os aspectos biopsicossociais novos profissionais são inseridos na saúde. A Resolução do Centro Federal de Serviço Social (CFESS) nº: 383 de 29 de março de 1999 dispõe o Assistente Social como profissional da saúde. Desta maneira o presente trabalho tem como objetivo abordar a Doação e Transplante de Órgãos como um Desafiador Espaço Socio-ocupacional ao Serviço Social. Este estudo tem a finalidade de demonstrar a relevância do Assistente Social neste campo de atuação para os pacientes-sujeitos, comunidade e instituição. A seleção dos materiais e métodos é de suma importância para elucidar e colaborar na ampliação do conhecimento, através da pesquisa quanti-qualitativa e da análise e interpretação de dados públicos, para propiciar melhor compreensão dos objetos estudados. O resultado desse estudo possibilita reflexões sobre a doação de órgãos e o fazer profissional, ao mostrar-se como um desafiador e imprescindível campo de atuação.
Publicado
2015-09-22
Secção
Artigos