ACEITABILIDADE DAS DIETAS ORAIS DE UM HOSPITAL DO SUL DE MINAS

  • Thamirys Nascimento Centro Universitário do Sul de Minas, Brasil
  • Daniele Faria Moreira Centro Universitário do Sul de Minas, Brasil
  • Rita de Cássia Reis Carvalho Centro Universitário do Sul de Minas, Brasil
  • Marco Antônio Olavo Pereira Centro Universitário do Sul de Minas, Brasil
  • Érika Aparecida Azevedo Pereira Centro Universitário do Sul de Minas, Brasil
  • Brunna Sullara Vilela Centro Universitário do Sul de Minas, Brasil
Palavras-chave: aceitabilidade, dieta hospitalar, nutrição, acceptability, hospital diet, nutrition

Resumo

Este estudo tem como objetivo avaliar a aceitabilidade das dietas orais pelos pacientes internados no hospital São Francisco de Assis em Três Pontas, MG. Trata-se de um estudo transversal, realizado no setor público do hospital citado. Foram questionados a 26 pacientes, acima de 18 anos sobre a qualidade das dietas assim como a importância dos indicadores: aparência, sabor, textura, variedade, horário, forma de distribuição, temperatura, higiene e cortesia para aceitabilidade das dietas. Ainda foi realizada uma entrevista com a nutricionista do hospital a fim de saber sobre sua atuação. 30,8% dos entrevistados consideraram a refeição ótima, 57,7% consideraram boa, 7,7% regular e 3,8% ruim. Os indicadores: sabor, higiene, temperatura e cortesia forma considerados como importantes ou muito importantes para ambos. A nutricionista relatou não encontrar dificuldades profissionais. Concluiu-se que as dietas tiveram boa aceitação e que o trabalho da nutricionista é respeitado e realizado com competência.

 

ABSTRACT

This study aims to evaluate the acceptability of oral diets by patients admitted to the São Francisco de Assis hospital in Três Pontas, MG. This is a cross-sectional accomplished in the public sector of the mentioned hospital. Twenty-six patients, over 18 years of age, were questioned about the quality of diets as well as the importance of the indicators: appearance, taste, texture, variety, schedule, form of distribution, temperature, hygiene and courtesy for dietary acceptability. An interview was conducted with a hospital nutritionist for know about her performance. 30.8% of the interviewees considered the meal  optimal, 57.7% considered good, 7.7% regular and 3.8% bad. The indicators: flavor, hygiene, temperature and courtesy are considered as important or very important for both. The nutritionist reported that she did’t encounter any professional difficulties. It was concluded that the diets were well accepted and that the work of the nutritionist is respected and performed competently.

Publicado
2018-01-19