Profissionalismo – um Desafio

  • Henrique Vilaça Ramos

Resumo

Quando se fala de profissionalismo, pensa-se na capacidade de o profissional fazer bem feito o seu mister. Este fazer bem feito é geralmente visto como algo que não se liga ao carácter do indivíduo, mas antes à eficácia e à eficiência. Ora, o profissionalismo integra tudo isso e é ainda muito mais, liga-se à “qualidade” do profissional e não só ao acerto do resultado final da sua ação.

Referências

Contam-se no Google 14.600.000 hits em professionalism e 498.000 hits em radiology professionalism.

Portaria n.º 241/99. DR 80/99 SÉRIE I-B de 1999-04-06

The Medical Professionalism Project, Radiology, 2006, 238 (2): 383–6.

acedido em www.rcr.ac.uk/publications.aspx?PageID=310&PublicationID=193.

Polk-Lepson Research Group, 2013 Professionalism In The Workplace, Center for Professional Excellence, York College of Pennsylvania, acedido em www.ycp.edu/

offices-and-services/academic-services/center-for-professional-excellence/2013-professionalism-study/

Hochberg MS et al. Can professionalism be taught? Encouraging evidence, Am J Surg. 2010 199(1):86-93.

Birden H et al, Teaching professionalism in medical education: a best evidence medical evaluation (BEME) systematic review. BEME Guide nº25, Medical Teacher, 2013, 35:

e1252-e1266, acedido em http://informahealthcare.com/doi/pdf/10.3109/0142159X.2013.789132

Donnelly LF e Strife JL, Establishing a program to promote professionalism and effective communication in Radiology, Radiology 2006, 238, (3):773–9.

Publicado
2014-04-30
Secção
Artigos Opinião