Anestesia para cirurgia major da coluna no adulto

  • Gisela Marques Lima Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

Resumo

Introdução - A cirurgia da coluna evoluiu, nas últimas duas décadas, para uma multidisciplinariedade de áreas médicas, incluindo neurocirurgia, ortopedia, medicina da dor e neurorradiologia. A patologia da coluna é vasta e engloba doentes cada vez mais idosos e com mais comorbilidades, ao mesmo tempo que existem várias técnicas cirúrgicas às quais o anestesiologista tem de se adaptar.

Material e Métodos - Foi realizada uma revisão compreensiva nas bases de dados Medline, Embase e Cochrane, utilizando as seguintes palavras-chave: anestesia, cirurgia da coluna, lesão cervical, neuromonitorização, perda de visão perioperatória e trauma vértebro-medular.

Resultados - As principais complicações da cirurgia da coluna são: paralisia, hemorragia massiva, infeção, relacionadas com o posicionamento, complicações respiratórias no pós-operatório e dor crónica. Alguns dos aspetos que o anestesiologista tem de ter em conta incluem, a abordagem da via aérea, monitorização e fármacos, posicionamento do doente, técnicas poupadoras de sangue e possíveis complicações.

Discussão e Conclusões - Os resultados bem-sucedidos após cirurgia major da coluna vertebral dependem de uma técnica anestésica apropriada e considerada. A incidência de complicações pode ser reduzida pela atenção aos detalhes e uma boa compreensão das especificidades cirúrgicas.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.

Biografia do Autor

Gisela Marques Lima, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
Serviço de Anestesiologia
Publicado
2018-12-15
Como Citar
Lima, G. (2018). Anestesia para cirurgia major da coluna no adulto. Revista Da Sociedade Portuguesa De Anestesiologia, 27(4), 80-86. https://doi.org/10.25751/rspa.15283
Secção
Artigo de Educação Médica Contínua