Efeito do exercício prévio severo nos parâmetros da relação potência - tempo em indivíduos ativos no ciclismo

  • Renato Aparecido Corrêa Caritá Laboratório de Avaliação da Performance Humana
  • Cintia Picarelli Laboratório de Avaliação da Performance Humana
  • Camila Coelho Greco Laboratório de Avaliação da Performance Humana
  • Benedito Sérgio Denadai Laboratório de Avaliação da Performance Humana

Abstract

O objetivo deste estudo foi analisar o efeito do exercício prévio severo (EPS) sobre a potência crítica (PC) e a capacidade de trabalho anaeróbio (CTA) determinados durante o exercício de ciclismo. Sete indivíduos realizaram os seguintes protocolos em cicloergômetro: (a) teste progressivo para determinação do limiar ventilatório (LV), consumo máximo de oxigênio (VO2max) e sua respetiva intensidade (IVO2max); (b) seis testes de carga constante em ordem aleatória, com (EPS) e sem (CON) a realização de EPS. O EPS foi realizado durante 6 min a 70%D (i.e., 70% da diferença entre o LV e a IVO2max). A PC na condição CON (199.71 ± 27.08 W) não foi significativamente diferente da condição EPS (211.71 ± 29.92 W). Do mesmo modo, a CTA não foi significativamente diferente entre as condições (CON = 23.46 ± 10.76 kJ vs. EPS = 17.51 ± 8.44 kJ). Portanto, o exercício prévio severo (70%D) seguido por 6 min. de recuperação não influencia a determinação da PC e da CTA em indivíduos ativos.

Published
2015-04-30
Section
Original Article