A prática do basquetebol por meninas nas aulas de educação física escolar no município de Volta Redonda: a visão dos professores

  • Claudio Delunardo Severino Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA, Rio de Janeiro, Brasil
  • Francisco José Miranda Gonçalves Instituto Superior da Maia, Portugal.
  • Suraya Cristina Darido Instituto de Biociências. UNESP - Universidade Estadual Paulista, Campus de Rio Claro, Departamento de Educação Física, Rio Claro, SP, Brasil.

Abstract

A presente pesquisa teve como objetivo geral abordar a participação feminina nas aulas de Educação Física, com enfoque no Basquetebol como conteúdo. Participaram da pesquisa professores das instituições públicas e privadas do município de Volta Redonda/RJ/Brasil em turmas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Tratou-se de um estudo quanti-qualitativo com análise de conteúdo e, como procedimento de coleta de dados, foram entrevistados sessenta docentes que opinaram acerca da questão investigada. Verificou-se que a realidade da Educação Física no município de Volta Redonda apresenta, de maneira geral, características de um modelo baseado no ensino dos esportes de acordo com as concepções subordinadas ao alto rendimento. Considera-se também que a Educação Física pode ser vista como uma aliada importante no alcance de objetivos vinculados à formação de valores e a prática do Basquetebol em ambiente escolar por meninas pode representar um novo desenho quanto a compreensão de igualdade de direitos e não hierarquização por parte dos discentes.

Author Biographies

Claudio Delunardo Severino, Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA, Rio de Janeiro, Brasil
Graduado em Educação Física, Mestre em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente pelo Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA.
Francisco José Miranda Gonçalves, Instituto Superior da Maia, Portugal.
Doutorado em Ciências da Educação Física e Desporto pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro - Portugal (2010). Supervisor de estágio e docente no Instituto Superior da Maia, Portugal. Investigador integrado no CI&DETS, ESEV. Especialização em Educação Física, Pedagogia e Avaliação.
Suraya Cristina Darido, Instituto de Biociências. UNESP - Universidade Estadual Paulista, Campus de Rio Claro, Departamento de Educação Física, Rio Claro, SP, Brasil.

Professora Livre-Docente do Instituto de Biociências - Departamento de Educação Física - Universidade Estadual Paulista - UNESP.

Coordenadora do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF).

Doutorado em Psicologia Escolar pela Universidade de São Paulo - USP

Published
2015-07-03
Section
Original Article