Estudo da validade de construto das Revised Conflict Tactics Scales – Versão Irmãos

  • Otília Monteiro Fernandes UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO
  • Inês Carvalho Relva UTAD; Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra
  • Magda Rocha Centro de Investigação em Psicologia da Universidade Autónoma de Lisboa – CIP/UAL http://orcid.org/0000-0002-2319-3197
  • Madalena Alarcão UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Abstract

A violência entre irmãos é um fenómeno que genericamente continua a ser subestimado, e Portugal não constitui exceção. Mas o seu estudo é fundamental para uma melhor compreensão do fenómeno da violência, nomeadamente em contexto familiar. A presente investigação pretendeu analisar, numa amostra de estudantes universitários portugueses, a validade de construto das CTS2-SP (versão irmãos). Trata-se de um instrumento de autorrelato que permite avaliar as táticas de conflito usadas em contexto fraterno. Os resultados confirmam o modelo multidimensional constituído pelos cinco fatores propostos pelos autores deste instrumento, bem como a sua adequabilidade para avaliar a violência fraterna.

Author Biographies

Otília Monteiro Fernandes, UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

departamento de educação e psicologia

PSICOLOGIA

Inês Carvalho Relva, UTAD; Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra

departamento de educação e psicologia

psicologia

Magda Rocha, Centro de Investigação em Psicologia da Universidade Autónoma de Lisboa – CIP/UAL

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO

PSICOLOGIA

Madalena Alarcão, UNIVERSIDADE DE COIMBRA

FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO

PSICOLOGIA

Published
2016-06-24
Section
Original Article