A Aprendizagem segundo Karl Popper e Thomas Kuhn

  • Nuno Borja-Santos Serviço de Psiquiatria, Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, EPE
Palavras-chave: filosofia, ciência

Resumo

Após uma breve introdução em que é apresentada a organização deste trabalho, o autor aborda o modelo popperiano da aprendizagem e as suas implicações nas ideias do filósofo austríaco, em relação à evolução científica. Seguidamente, é referido o modelo kuhniano com especial enfoque nos paradigmas e nas revoluções científicas. A concluir, são apresentadas, de forma resumida, as principais semelhanças e diferenças de pontos de vista, entre os dois filósofos, acerca da aprendizagem e evolução científica.

Publicado
2004-06-01
Secção
Artigos de Revisão