CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO INTERCULTURAL EM PRÉ-ESCOLAR E 1.º CEB

  • Ana Rita Lopes Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém. ATL da Sta Casa da Misericórdia da Amadora
  • Leonor Santos Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém. CIDTFF - Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores, U. Aveiro
Palavras-chave: Educação intercultural; Papel do educador/professor; Pré-Escolar; 1º Ciclo do ensino básico.

Resumo

Numa sociedade reconhecidamente heterogénea, onde a diversidade ganha forma a cada dia, o diálogo intercultural para a melhoria das relações e da equidade de oportunidades em contexto escolar assume um papel relevante na promoção de uma educação para todos. O presente artigo tem como base o estudo empírico realizado para a obtenção do grau de mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, com o qual se pretendeu aprofundar o conhecimento e a reflexão sobre a temática da escola como espaço de encontro de diversidade cultural e a educação intercultural. Assim, após a apresentação de uma breve revisão bibliográfica de vários conceitos-chave relacionados com a educação intercultural e a função da escola nesta abordagem, apresentamos e analisamos os dados recolhidos através de entrevistas realizadas a educadores de infância e professores do ensino básico, através das quais procuramos conhecer concepções e práticas de educação intercultural que nos ajudassem a conhecer melhor o que sucede em contextos educativos reais. Por fim, apresentamos um conjunto de considerações que sintetizam as principais aprendizagens que tanto a frequência do mestrado (e em particular das práticas pedagógicas supervisionadas) como a realização deste trabalho de pesquisa nos permitiram realizar.

Publicado
2018-12-21