Pneumotórax Bilateral, Pneumoperitoneu e Pneumomediastino: Abordagem Anestésica de Complicações Raras da CPRE

  • Solange Amaro Interna Formação Específica em Anestesiologia no Serviço de Anestesiologia, Reanimação e Terapêutica da Dor, Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, Amadora, Portugal
  • Teresa Estevens Interna Formação Específica em Anestesiologia no Serviço de Anestesiologia, Reanimação e Terapêutica da Dor, Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, Amadora, Portugal
  • Andreia Puga Especialista em Anestesiologia no Serviço de Anestesiologia, Reanimação e Terapêutica da Dor, Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, Amadora, Portugal
Palavras-chave: Anestesia, Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica/efeitos adversos, Duodeno/lesões, Enfisema Mediastínico, Intubação Intratraqueal, Pneumoperitoneu, Pneumotórax, Sedação Profunda

Resumo

A colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE) é um procedimento de diagnóstico e tratamento cada vez mais utilizado. Apesar de raras, algumas complicações decorrentes desta técnica podem ter consequências graves para o doente, exigindo deteção precoce e a abordagem sistematizada pelo anestesista.

O caso clínico apresentado refere-se a uma doente de 47 anos submetida a CPRE eletiva por coledocolitíase, sob sedação com propofol. O exame é complicado por falso trajeto duodenal que conduz a um quadro de pneumotórax bilateral, enfisema subcutâneo, pneumoperitoneu e pneumomediastino com necessidade de intubação orotraqueal emergente e abordagem das referidas
complicações. A doente foi transferida para a unidade de cuidados intensivos para vigilância sob medidas conservadoras. Houve necessidade posterior de intervenção cirúrgica por sépsis com ponto de partida abdominal.

Neste artigo pretende-se enfatizar a importância da presença do anestesista durante a CPRE, revendo a abordagem do doente perante um quadro clínico raro e com implicações importantes na morbimortalidade.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Publicado
2018-07-18
Como Citar
Amaro, S., Estevens, T., & Puga, A. (2018). Pneumotórax Bilateral, Pneumoperitoneu e Pneumomediastino: Abordagem Anestésica de Complicações Raras da CPRE. Revista Da Sociedade Portuguesa De Anestesiologia, 27(2), 37-40. https://doi.org/10.25751/rspa.14299
Secção
Caso Clínico