Mensagem da Presidente da SPA

  • Maria do Rosário Órfão Presidente da SPA Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

Resumo

Mensagem da Presidente da SPA

Suceder a um presidente com o grau de excelência do Lucindo Ormonde é um desafio.

Em 10 anos, ele conseguiu para a SPA, aliás para a Anestesiologia um lugar de destaque na Medicina Portuguesa e Europeia. A nossa especialidade é ouvida e respeitada entre os pares, os futuros colegas e os órgãos de decisão.

Tudo isto graças a uma geração de anestesiologistas liderada pelo Lucindo.

Numa época tão adversa é extraordinária a força que a nossa especialidade conseguiu. Sentimos orgulho em ser anestesiologistas portugueses, em pertencer à Sociedade Portuguesa de Anestesiologia.

O último congresso em Março onde se reuniu a "família anestesiológica", foi disso demonstrativo. A adesão foi expressiva e a participação superou as melhores expectativas.

Obrigada Lucindo.

 

Assim, a fasquia está alta mas, sempre gostei de desafios e, quando o Lucindo, me incentivou a candidatar para lhe suceder, procurei rodear-me de uma boa equipa, mantendo algumas pessoas, introduzindo outras novas e aceitei o desafio.

Acredito que parte da força da nossa especialidade provém da riqueza que a diversidade lhe confere. A nova direção e demais corpos sociais integram anestesiologistas de várias regiões do país, com vivência, anos de experiência e áreas de trabalho diversas. Para além disso, esperamos continuar a contar com o contributo de todos os que nos últimos anos sem integrar a direção da SPA, com ela colaboraram e, de todos os que no futuro o pretendam fazer.

 

A direção que lidero tem um projeto de continuidade no que respeita a dignificar a Anestesiologia Portuguesa nas suas diversas áreas de atividade: Anestesia, Medicina Perioperatória, Emergência, Medicina Intensiva e Medicina da Dor.

Iremos privilegiar atividades que promovam a Qualidade e Segurança, Gestão e Liderança, Formação no Internato, Formação contínua, Investigação, Avaliação e Recertificação, reforçando a importância da Anestesiologia.

 

Os anestesiologistas contactam no seu dia-a-dia, fazendo interface, com colegas de quase todas as especialidades, com enfermeiros, farmacêuticos, gestores, engenheiros, informáticos, psicólogos, assistentes sociais, etc. Tudo isto tem em si um potencial enorme, obrigando a que, além da aquisição de conhecimentos técnicos e científicos de nível cada vez mais exigente, a anestesiologia tenha que adquirir competências em organização e gestão assumindo um papel de liderança. Todas as atividades nesta área serão continuadas e fomentadas.

Neste âmbito daremos continuidade ao projecto do Grupo de Estudo para a Medição da Atividade Produtiva na Área da Anestesiologia, iniciativa conjunta da ACSS e SPA. Integramos, também, grupo de trabalho para a Criação do Conselho Superior das Sociedades Científicas Médicas Portuguesas (CSSCMP).

 

A formação de internos e a formação contínua são áreas de importância crucial na Anestesiologia às quais dediquei parte importante da minha vida profissional, bem como alguns dos colegas que integram a nova Direção. A promoção da Formação e da Investigação para desenvolvimento de competências será uma das nossas prioridades, respondendo aos atuais desafios nacionais e europeus.

Por iniciativa nossa, está já a ser criado um grupo de trabalho constituído por internos de todo o país para organização de atividades relacionadas com o internato e dinamização do site, como meio de comunicação. Dele fará parte o representante dos internos no council da ESA que é português.

Respondemos positivamente ao pedido de parceria entre a SPA e a Associação Nacional de Estudantes de Medicina (ANEM), pois acreditamos que a divulgação do âmbito e importância da Anestesiologia deve começar no ensino universitário.

A SPA como membro da National Anaesthesiologists Societies Committee (NASC), irá recomendar quatro anestesiologistas portugueses orientadores de formação de quatro centros hospitalares de regiões geográficas diferentes para frequentar o curso europeu Teach the Teachers, já este ano.

O grupo de trabalho envolvido na formação científica onde se incluem vários elementos da nova direção, irá alargar a sua atividade pedagógica, integrando o seu líder Pedro Amorim os novos corpos sociais da SPA, o que traduz a importância que damos a esta área.

Tendo a SPA importância institucional nomeadamente no patrocínio de várias organizações científicas, está já na fase final de elaboração o Regulamento para Patrocínio Cientifico pela SPA.

A revista que tem melhorado a sua qualidade com o editor-chefe António Augusto Martins, novo elemento eleito do conselho geral da SPA, irá manter a periodicidade atual, e é nosso objetivo a indexação.

O site, meio privilegiado de comunicação, está a ser atualizado e a médio prazo será reformulado.

 

Sendo a SPA um dos signatários da Declaração de Helsínquia, a Segurança será uma das nossas áreas estratégicas estando programada a criação de um grupo de trabalho para coordenar e desenvolver atividades nessa área.

Em continuidade com a direção cessante que integrei, estamos a assegurar iniciativas que visam a melhoria do processo clínico criando uma aplicação dirigida a Recomendações sobre Anticoagulação e Anestesia Loco Regional, fruto do trabalho do grupo de consensos coordenado pela Cristiana Fonseca.

A produção de consensos científicos, obrigação das sociedades científicas será incentivada.

 

As Secções de Pediatria, Obstetrícia e Medicina Intensiva bem como os Grupos de Trabalho de Medicina da Dor e de Via Aérea Difícil, recentemente reorganizado, receberão todo o apoio da direção nas atividades que desenvolverem nas respetivas áreas. Novas propostas de criação de secções e grupos de trabalho, enquanto dinamizadoras da nossa especialidade, serão bem-vindas.

 

No fim de Outubro deste ano de 2014, mantendo o espírito livre do modelo que tanto sucesso teve nas iniciativas anteriores irão realizar-se no Funchal as Tertúlias de Anestesiologia, coordenadas pelo Rui Guimarães.

Manteremos o Congresso anual em Março; em 2015 será em Lisboa nos dias 12, 13 e 14. O programa está a ser elaborado pela Comissão Científica.

Apresentamos já candidatura a congressos internacionais.

O Dia Mundial de Anestesiologia será este ano comemorado em Lisboa no Hospital de Santa Maria – Centro Hospitalar de Lisboa Norte.

Planeamos outros eventos de que, oportunamente, daremos notícia.

 

Consideramos importante manter o excelente relacionamento interpares a nível nacional e internacional com todas as associações representativas dos Anestesiologistas. Integramos grupo de trabalho com as demais sociedades científicas médicas nacionais, participamos nas reuniões da NASC e mantemos relacionamento privilegiado com sociedade internacionais como a SEDAR e a ESA. Pretendemos manter o bom relacionamento com o colégio de Anestesiologia representado no seu presidente Paulo Lemos.

 

O Entusiasmo da equipe que lidero faz -me antever com otimismo um futuro trabalhoso, um mandato muito exigente e cheio de desafios mas, bem-sucedido.

Estou certa de que com a colaboração de todos os colegas dos corpos sociais da SPA, dos grupos de trabalho, secções e demais anestesiologistas que pretendam colaborar com a SPA, conseguiremos manter o elevado nível reforçando o papel relevante da anestesiologia nacional, constituindo um espaço para os anestesiologistas virem buscar energias para enfrentar os desafios e incertezas do dia-a-dia.

 

 

Maria do Rosário Órfão

 

Presidente da SPA

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Como Citar
Órfão, M. do R. (1). Mensagem da Presidente da SPA. Revista Da Sociedade Portuguesa De Anestesiologia, 23(2), 28-29. https://doi.org/10.25751/rspa.4072
Secção
Editorial