Motivação de Professores para a Aprendizagem sobre Botânica: Reflexões a Partir de um Curso de Formação Continuada a Distância

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34627/vol4iss1pp25-47

Palavras-chave:

Formação docente em Botânica a distância; Motivação; Atividades e ferramentas preferidas na formação docente a distância.

Resumo

Professores são importantes agentes multiplicadores na sociedade. Assim, é importante aprimorar seus conhecimentos sobre as plantas para que elas sejam melhor entendidas, percebidas e conservadas. Nessa perspetiva, investigamos uma disciplina de Botânica, componente curricular de um curso a distância de formação continuada de professores. Dentre os objetivos desta pesquisa, destacam-se: identificar as principais motivações e objetivos dos educadores para a aprendizagem de Botânica; detetar quais abordagens de ensino utilizadas na disciplina foram consideradas mais motivadoras por esses profissionais; identificar quais atividades e ferramentas tecnológicas utilizadas na disciplina foram melhor avaliadas. Primeiramente, analisamos as respostas de 53 professores a um questionário online de cinco perguntas. Em um segundo momento, foram realizadas entrevistas com três desses professores. As principais motivações e objetivos dos docentes para a aprendizagem sobre Botânica estavam relacionados à ampliação de seus conhecimentos e de suas possibilidades pedagógicas. A observação de animações e as leituras de texto foram consideradas atividades mais atraentes, enquanto fóruns e blogs tiveram as menores pontuações. A formação docente à distância deve se aproximar das expectativas e necessidades de seu público-alvo, proporcionando aos professores maior motivação para o aprendizado em Botânica e possibilitando o aprimoramento do processo de ensino-aprendizagem sobre o tema

Downloads

Publicado

2021-04-05

Edição

Secção

Estudos empíricos / investigações e práticas