Determination of the tactical athlete level of a high-performance tennis team and subjective assessment of the coach

  • Layla Maria Campos Aburachid Universidade Federal de Mato Grosso
  • Breno Tavares Perdigão Mendes Universidade Federal de Minas Gerais
  • Tatiane Mazzardo Universidade Federal de Mato Grosso
  • Gabriella Nelli Monteiro Universidade Federal de Mato Grosso
  • Nayanne Dias Araújo Universidade Federal de Mato Grosso
  • Pablo Juan Greco Universidade Federal de Minas Gerais

Abstract

The objective of the study was to evaluate the level of tactical knowledge of a high-performance tennis team, considering gender, age, category, and year in the category, years of practice and participation in competitions. There was also a subjective evaluation by two coaches on the level of athletic performance of their athletes, as well as that of the athletes themselves. In the sample, there were 37 athletes, 23 men and 14 women at ages between 11 and 18 years old (14.10 ± 1.90). In order to determine the level of athletic performance of the athletes, the test of declarative tactical knowledge (DTK) in tennis was used. The variables to differentiate the level of tactical performance were gender (female achieved better scores: p=0.004, F = 2.242), the category (better scores for 18 years old compared to 12 years old: p=0.007, F= 4.223) and the experience in state competitions (p = 0.042, F = 3.059). It was observed that 73% of the tennis teams had their level of tactical performance, via DTK, classified as good or very good. In the subjective evaluation, the coach underestimated the tactical level of 48.6% of his athletes, while 75.7% of the athletes overestimated their own knowledge. In this study, it was verified that factors like gender, category and experience in state competitions differentiated the level of tactical performance.

 

Author Biographies

Layla Maria Campos Aburachid, Universidade Federal de Mato Grosso
  • Doutora em Ciências dos Esportes pela Universidade Federal de Minas Gerais
  • Professora adjunto I e Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da UFMT
  • Membro do Núcleo de Ciências do Esporte da Confederação Brasileira de Badminton
  • Líder do Grupo de Estudos em Metodologias de Ensino e Psicologia do Esporte.
Tatiane Mazzardo, Universidade Federal de Mato Grosso
  • Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso.
Gabriella Nelli Monteiro, Universidade Federal de Mato Grosso
  • Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso
Nayanne Dias Araújo, Universidade Federal de Mato Grosso
  • Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso
Pablo Juan Greco, Universidade Federal de Minas Gerais
  • Pesquisador na área de Cognição e Ação, em temas do Treinamento Esportivo, Pedagogia do Esporte e Treinamento Esportivo. As linhas de investigação se relacionam com os Métodos de Ensino-Aprendizagem-Treinamento nos Jogos Esportivos Coletivos (Handebol, Voleibol, Futsal, Futebol, Basquetebol) e de raquete, Treinamento Técnico e Treinamento Tático nos Jogos Esportivos Coletivos, Capacidades Coordenativas, Processos Cognitivos nos Esportes, e Validação de testes de conhecimento tático (declarativo e processual) (Psicometría) em esportes. Conferencista da Federação Internacional de handebol (IHF) desde 1987.
  • Graduado em Educação Física no Instituto Nacional de Educação Física (INEF), de Buenos Aires, Argentina (1973).
  • Entrenador Nacional de Handball no Instituto Nacional de Deportes (IND) de Buenos Aires, Argentina (1975).
  • Mestrado em Ciências do Esporte, realizado no Institut für Sport und Sportwissenschaft (ISSW) (Instituto de Esportes e Ciências do Esporte) da Ruprecht-Karls Universitat (Universidade de Heidelberg) (1986), Alemanha.
  • Doutorado em Educação na área de concentração Psicologia Educacional, pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP-Brasil)(1995) com programa sandwich (CAPES) com o ISSW.
  • Pós doutorado na Escola Superior de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal de Rio Grande do Sul (UFRGS) na área de Ciências do Movimento Humano.
  • Professor Titular na Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG),
  • docente do Departamento de Esportes e membro no Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em Ciências do Esporte.
  • Coordenador do Centro de Estudos de Cognição e Ação (CECA) na EEFFTO UFMG.
Published
2018-10-28
Section
Original Article